Secretaria de Cultura de Niterói / Fundação de Artes de Niterói
  LYA ALVES
 
 
Agenda
Cultura
Niterói

Baixe aqui nossa programação mensal completa
Cultura Niteri

Lya Alves é pintora, cartunista e graffiteira. Nasceu em São Gonçalo em 1976 e veio para Niterói, onde vive até hoje. Desenha desde a infância.

Seu estilo de arte é o realismo, com influências de arte urbana e simbolismo e barroco. Busca expressar em seu trabalho a essência brasileira, a alegria contagiante, a esperança, e também medos e pesadelos. Seu universo. Porém é iluminado, com estruturas incandescentes, antropomorfismos e pessoas etéreas. Como habitantes da terra do sol.

Aos quinze anos, fez várias ilustrações como free-lancer para agências de publicidade. Começou a Pintar nesta mesma época. Recebeu diversos prêmios por suas telas, dentre eles 2 medalhas de ouro; 5 medalhas de prata; e 1 medalha de bronze , e realizou exposições na Itália, Uruguai, e em Portugal, no Núcleo Português de Arte Fantástica (NPAF).



Escreve para o blog de arte-educação “Arteirinhos”; ministrou oficinas de graffiti na Oficina do Daniel Azulay em Ipanema; aula de graffiti para deficientes físicos e autistas no C.C.A. em Piratininga; foi assistente de aula de Norma Mieko no Museu do Ingá , idealizadora e arte-educadora do PHILOSOFFITI, uma oficina de graffiti para comunidades carentes. Fundou a Intercâmbio Cultural Arts, empresa responsável pelo envio de trabalhos de artistas brasileiros a Portugal através da parceria com a L’Agenzia de Arte (Portugal), Centro Culturale Casatani (Itália) e IAPAJ (Japão). Como cartunista, criou as histórias em quadrinhos online: “Guerreiros de Deus” e a “Melk”.

Complementa sua formação com cursos como: Seminário de Arte-Educação(UERJ); “Filosofia e Arte Moderna”, curso de extensão- Universidade Federal Fluminense; Pintura Contemporânea no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno; “Arte na Educação infantil”, extensão na Universidade Estácio de Sá; “Elementos da Narrativa Fantástica” –no EMERJ; e Sessões com Davi Coury.

Escreve para o blog de arte-educação “Arteirinhos”; é idealizadora e arte-educadora do Projeto social PHILOSOFFITI; e fundou a Intercâmbio Cultural Arts, empresa responsável pelo envio de trabalhos de artistas brasileiros a Portugal, Itália, Japão e outros países. Atualmente, ministra oficinas de grafiti e aulas de pintura em seu ateliê no Engenho do Mato, em Niterói.


Lya Alves, por Silvia Prado dos Anjos

"Pintar, grafitar, expor a público essa alma brasileira vem a ser sem sombra de dúvidas, uma tarefa para uma artista 'supra-brasileira' a transbordar a disposição de fazer sua arte por inteiro. A arte de Lya Alves reflete vitalidade e dinamismo. Concentra uma diversidade de influências, escolas, escolhas e pesquisa. É sacra e profana. É grave e agudo no instante da pausa. É energia resultante de tensões que se resolvem em um ato de criação. É som; é sopro; é retentissement. Suas telas transcendem o espaço de abrangência do convencional.

Destacam, ampliam, fazem sobressaltar o sentimento duma alma brasileira singular e plural num só tempo - o tempo do êxtase. Djavan canta a "luz de um grande prazer é irremediável neon". Lya, nesta exposição, convida nosso olhar à experimentação do seu tempo-neon, do prazer da luz sobre luz. Efervescente. Exuberante. Extravagante. "Alma brasileira" é surpreendente. É um rito urbano que se consuma no sorriso de uma criança; em mulheres sinuosamente maravilhosas; cenários borbulhantemente amarelos; paisagens extremamente radiantes. E, transgride seu discurso da sagração da dança das tintas sobre as tramas da lona das telas, na reutilização das latas de tintas tornadas, então, objetos de arte.

Personagens outras vêm incorporar os espaços esvaziados que outrora contiveram as matérias-primas da pintura das telas. Pin-ups são retratadas em maliciosas atitudes a destacar facetas desta tal brasileirice em tons de uma crítica inteligente aos jogos de poderes. O rito da arte se consuma numa comunhão de linguagens e sentimentos; numa relação luminosa claro-claro; numa exposição feita com muito prazer por uma artista brasileira de corpo e alma."






Tags ,




Emmanuel de Macedo Soares (1945-2017)
K. Lixto (1877-1957)
Memória: Dois niteroienses entre os Maiores Brasileiros Vivos em 1924
Manoel Benício (1861-1923)
Cláudio Valério Teixeira (1949 - 2021)


aaaaaa

Mapa do Site

Cultura Niterói
 
Espaços Culturais
 
Programas
 
Outros
 
 
 
Portal Transparência
Contracheque Online
e-SIC
Comprovante de Rendimento
Consulta de Processos
 
Rua Pres. Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Tel: (21) 2719-9900 | E-mail niteroi.culturas@gmail.com