RONALDO DO BANDOLIM
 
 
Baixe a agenda do mês

Considerado um dos maiores bandolinistas brasileiros, com passagem pelos mais renomados grupos de choro do país, Ronaldo do Bandolim atua no cenário musical há mais de 30 anos. Ainda adolescente, em fins dos anos 60, o artista fez parte do grupo "Os Jovens da Velha Guarda", que abriu as portas para que o músico participasse, a partir de então, de inúmeras gravações, apresentações em programas de TV, concertos e filmes.

Clique para ampliar.
Ronaldo Souza Silva, como artista, encanta pela precisão e velocidade de sua palhetada. Suas harmonias em poucas notas trazem um sentido especial à música instrumental. Seu carisma e simplicidade não ficam de fora dessa gama de talentos que o músico traz consigo.

O artista carrega na bagagem turnês nacionais e internacionais. Live Jazz Ipatinga (MG), Free Jazz Festival (RJ/SP), Veneto Jazz Festival (Itália) e Berlin Festival Jazz (Alemanha) são alguns dos projetos dos quais o músico já fez parte.

Ainda que carregue um apreço por ritmos musicais diversificados, Ronaldo desenvolveu um estudo voltado para o choro e os clássicos brasileiros. Instrumentista já respeitado, passou a integrar, ainda nos anos 70, o badalado conjunto "Época de Ouro". Umas das apresentações de destaque do conjunto foi o "Sarau", que contou com a participação de Paulinho da Viola, Elton Medeiros e do jornalista Sergio Cabral.





Com "Época de Ouro", Ronaldo realizou ainda diversas apresentações dentro e fora do Brasil, chegando ao 1º Free Jazz Festival, em 1995, e participando do projeto Brasil Musical, no mesmo ano. Durante este longo período, participou de eventos ao lado de consagrados artistas, como Silvio Caldas, Cartola, Nelson Cavaquinho, Clara Nunes, Elizeth Cardoso, e os instrumentistas Altamiro Carrilho, Abel Ferreira, Waldir Azevedo, Rafael Rabello e Arthur Moreira Lima.

"Com eles eu aprendi a conviver um pouco mais profissionalmente. Conheci o irmão de Noel Rosa. Com Jamelão toquei muitas vezes.", afirmou Ronaldo, sobre sua experiência no "Época de Ouro".

Após gravar ao lado da cantora Marisa Monte, o músico lançou seu LP solo, pela Niterói Discos, em 1992, com composições de Jonas do Cavaquinho e Juventino Maciel. Ronaldo foi acompanhado pelos músicos do "Época de Ouro", além de outros instrumentistas como Walter Maciel (7 cordas) e Zé da Velha (trombone). Em parceria com seu irmão Rogério Souza, lançou outros dois CDs: "Época de Choro" (2007), em homenagem a Carlinhos Leite (ex-integrante do grupo Época de Ouro), e "Retrato Brasileiro" (2009), uma releitura da obra de Baden Powell. Este último novamente pela Niterói Discos.

Trio Madeira Brasil. Clique para ampliar
"Paulinho me pergunta sempre: Tem ainda aquele disco? Manda uma cópia pra mim", contou Ronaldo, sobre o sucesso de seu LP solo.

Nos anos 1990, Ronaldo participou da criação de uma das grandes novidades do universo instrumental, o Trio Madeira Brasil, junto aos violonistas José Paulo Becker e Marcello Gonçalves. A excelente repercussão levou o trio a diversos concertos nacionais e internacionais, como a singular apresentação no projeto "Chorando Alto", que aconteceu no Sesc - Pompeia, em São Paulo, ao lado do músico e compositor Egberto Gismonti. O primeiro CD do grupo foi indicado como o melhor disco na premiação Sharp, de 1999. Em junho de 2016, o trio participou do Ciclo Violonístico de Niterói, que aconteceu no palco do Teatro Municipal de Niterói.

Em 2008, novamente pela Niterói Discos lançou o CD "Ernesto Nazareth por Ronaldo do Bandolim", com 15 canções pouco conhecidas do grande pianista, que foi um dos maiores compositores brasileiros dos séculos XIX e XX. O disco conta com as participações do "Trio Madeira Brasil", Rogério Souza e Thiago Souza, seu filho.

Clique para ampliar.
O instrumentista participou também do grupo "Orquídea", já na década posterior, gravando um belo CD, que abriu as portas para diversas apresentações em Portugal. A banda também fez parte de um documentário especial para a TV francesa, lançado na Europa em CD e DVD, ao lado de um dos maiores nomes da música brasileira, o violonista e compositor Baden Powell. Para 2015, Ronaldo prepara o lançamento de um novo CD, gravado com a pianista japonesa Sachiko Ito. O trabalho, centrado nas composições de Ernesto Nazareth e do pianista Scott Joplin (considerado "pai do jazz"), será lançado no mercado japonês.

Nesse mesmo ano, em maio, Ronaldo se apresentou ao lado de seu irmão Rogério no Palco Niterói Discos, no Solar do Jambeiro. O show contou com clássicos do choro, samba e MPB, vertentes musicais sempre presentes em seu repertório. Na ocasião, Ronaldo concedeu uma entrevista ao projeto Retratos Sonoros, contando um pouco mais de sua história e contribuindo para a construção de uma memória sensível sobre os músicos locais.




Publicado em 03/06/2015






Publicado emMapa de Artistas
Tags Ronaldo do Bandolim,


Palco Iluminado (1999)
Clube do Choro (do Orquídea)
Orquestra Sinfônica Nacional da UFF
Tio Samba
Noitibó
Baixe a agenda do mês do Arte na Rua

Rua Presidente Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Telefone (21) 2621-5050 | E-mail sculturalniteroi@gmail.com (secret) e contato.culturaniteroi@gmail.com (FAN)