Secretaria de Cultura de Niterói / Fundação de Artes de Niterói
  MARIA REGINA PONTIN DE MATTOS
 
 
Agenda
Cultura
Niterói

Baixe aqui nossa programação mensal completa
Cultura Niteri



Arquiteta restauradora, Maria Regina Pontin de Mattos nasceu em Ribeirão Preto, SP, no ano de 1955. Graduou-se em Arquitetura na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, SP, em 1978. Especializou-se em "Técnicas Construtivas da Arquitetura Tradicional Paulista", pela Universidade de São Paulo – USP, 1980 e concluiu doutorado na Scuola di Specializzazione per lo Studio ed il Restauro dei Monumenti, Universitá di Roma - La Sapienza, Itália, 1986.

Participou do "I e II Congressos do Barroco no Brasil - Arquitetura e Artes Plásticas", em Ouro Preto, MG, 1981/89; da "I Jornada Luso-Brasileira do Patrimônio", pela Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal, 1984; do "IV Corso Internazionale di Alta Cultura", pelo Ministério dos Bens Culturais e Ambientais, Roma, Itália, 1984; do "Exame das Características da Urbanização na Europa Central e Oriental", pela Universidade de Urbanística Savaria, Szombathely, Hungria, 1984; do "26° Corso Internazionale di Storia dell'Architetura", através de bolsa de estudos do Centro Internacional dos Estudos de Arquitetura A. Palladio, em Vicenza, Itália, 1984 e dos cursos "La Conservación de Piedra en Monumentos Históricos y Archeológicos", pelo Centro para a Investigação e Conservação do Patrimônio Cultural, Puebla, México, 1991 e "Superfici dell'architetura: il cotto - Caratterizzazione e Trattamenti", pela Universidade de Pádua, Itália, 1992.

Atuou na Companhia de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto - CODERP, no Setor de Preservação do Patrimônio Cultural, junto à Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, SP, e no Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico - CONDEPHAAT - da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. Neste último, executou projetos de restauração e revitalização dos seguintes monumentos: Museu Casa de Portinari - Brodósqui, Museu Histórico e Pedagógico Zequinha de Abreu e Igreja da Nossa Senhora da Boa Morte, São Paulo, entre os anos de 1979 a 1982. Participou, também, do projeto de publicação das séries "Cidades Históricas", "Documentos" e "Tombamentos", além de projetos para a Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - SPHAN, e do Inventário do Acervo Cultural do Estado de São Paulo.

Elaborou o projeto e acompanhou as obras de restauração do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, 1987 a 1991, e ocupou a chefia do Centro de Documentação da Fundação Teatro Municipal, vinculada à Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, 1991 a 1995. Foi autora do projeto e supervisora das obras de restauração do Teatro Municipal João Caetano em Niterói, 1994, e recebeu, junto com sua equipe técnica, o Prêmio Rodrigo Mello Franco de Andrade, outorgado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB/RJ, na categoria de "Restauração do Acervo Arquitetônico".

Realizou consultoria técnica para a Fundação Roberto Marinho nas obras do Teatro Pedro II em Ribeirão Preto, 1993; Biblioteca Nacional, 1994; Convento de Santa Teresa, 1995; e Casa do Bispo, 1997; no Rio de Janeiro; e Estação da Luz – SP, 2003. Elaborou, para o Banco Real, Fundação Promar e Marinha do Brasil, o projeto de restauração do Forte Santo Antônio da Barra em Salvador, BA, 1996; além do projeto cultural para a restauração da sede da Faculdade de Medicina de São Paulo, 1998.

Integrou o grupo que desenvolveu o "Projeto de Modernização e Restauro da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo". Coordenou o "Curso de Conceituação e Técnica de Restauro em Edificações", no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura - CREA/RJ, 1993. Desenvolveu, ainda, projetos para construções residenciais e participou de Cursos, Seminários e Congressos Nacionais e Internacionais (Portugal, Itália, Hungria e México). Proferiu as palestras "Preservação do Patrimônio Histórico", na Associação de Engenheiros e Arquitetos de Ribeirão Preto, SP, 1989; "Itália, Engenharia Viva", junto ao CREA-RJ e Conselho Nacional dos Engenheiros da Itália, 1989; "Gestão e Estratégias - A experiência do INEPAC", no I Encontro Brasileiro de Habitação em Centros Históricos, SP, 1996 e "Projeto de Restauração do Teatro Municipal João Caetano - Niterói", no Istituto Italiano di Cultura e Solar Grandjean de Montigny, na PUC, Rio de Janeiro, 1996.

Assumiu a direção do Departamento de Patrimônio Cultural e Natural do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC) em 1995, além de se tornar membro do Conselho Estadual de Tombamento, junto à Secretaria de Estado de Cultura. A partir de 1990, foi supervisora de projetos e obras do Núcleo de Restauração de Bens Históricos e Culturais de Niterói, concluindo, em 2001, as obras de restauração do Solar do Jambeiro e da Igreja de São Lourenço dos Índios.







José Mattoso Maia Forte
Os preparativos para a imersão na Europa
O Barrismo
A foz do Rio Icarahy
As imagens perdidas do "panno de bocca" do Theatro Santa Thereza


aaaaaa

Mapa do Site

Cultura Niterói
 
Espaços Culturais
 
Programas
 
Outros
 
 
 
Portal Transparência
Contracheque Online
e-SIC
Comprovante de Rendimento
Consulta de Processos
 
Rua Pres. Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Tel: (21) 2719-9900 | E-mail niteroi.culturas@gmail.com