Secretaria de Cultura de Niterói / Fundação de Artes de Niterói
  PROGRAMA APRENDIZ - MÚSICA NA ESCOLA
 
 
Agenda
Cultura
Niterói

Baixe aqui nossa programação mensal completa
Cultura Niteri

O Programa Aprendiz – Música na Escola é um projeto de educação musical criado na cidade de Niterói – RJ, em 2001, por meio da parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Fundação Municipal de Educação - FME) e da Secretaria Municipal de Cultura (Fundação de Arte de Niterói - FAN).
Produzido pelo IMMuB (Instituto Memória Musical Brasileira), conta com uma equipe formada por mais de 50 profissionais, dentre professores de Iniciação Musical, instrumentos clássicos e populares e canto, além dos coordenadores, produtores e auxiliares.
O Programa Aprendiz desenvolve três conjuntos: A Orquestra Sinfônica Aprendiz (OSA), A Orquestra Guerra-Peixe (OGP) e A Banda Sinfônica Aprendiz.


Orquestra Sinfônica Aprendiz (OSA)
A Orquestra Sinfônica Aprendiz (OSA) foi criada em 2007 como uma oportunidade para que os alunos egressos das Escolas Municipais, locais onde o Programa Aprendiz atua, pudessem dar continuidade aos estudos musicais. Na OSA, os interessados aprofundam o aprendizado da música tanto a partir das classes de instrumentos e de teoria e percepção musical quanto, principalmente, pela prática em conjunto, além de adquirir conhecimento dos diferentes estilos musicais e informações a respeito da historicidade de obras e autores. Assim, aprimoram suas habilidades técnicas e artísticas, além de vivenciarem a experiência orquestral com ensaios e apresentações públicas.

Em sua formação mais recente, a Orquestra Sinfônica Aprendiz era composta por cerca de 50 jovens instrumentistas com idades entre 14 e 24 anos. A organização sinfônica contempla diferentes grupos de cordas e sopros característicos desta formação: violinos (1º e 2º), viola, violoncelo, flauta transversa, trombone, trompa, clarineta, oboé e fagote. Sob a regência do Maestro Evandro Rodriguese, a OSA apostou em um amplo e diversificado repertório musical. Da produção barroca aos compositores contemporâneos, sempre com foco na música brasileira, a seleção busca misturar clássicos às produções recentes que despertam o interesse dos aprendizes e do público.

Ao longo de sua trajetória, a OSA já realizou mais de 100 apresentações nos principais equipamentos culturais de Niterói, tais como Teatro Municipal de Niterói, Teatro Popular Oscar Niemeyer, Museu do Ingá, Museu de Arte Contemporânea, Solar do Jambeiro e Sala de Cultura Leila Diniz - Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, além de apresentações gratuitas em praças e outros espaços de lazer e convivência de todas as regiões da cidade.

A OSA também conta com suporte pedagógico de parceiros e, em função deste conjunto de atividades e realizações, a passagem pela Orquestra Sinfônica Aprendiz tem facilitado e estimulado o ingresso nas universidades e nos cursos de música Brasil afora. Atualmente existem vários integrantes e ex-integrantes da OSA que iniciaram suas carreiras em orquestras profissionais e que seguiram formação no magistério, integrando ainda o quadro de equipe do Aprendiz.


Orquestra Guerra-Peixe (OGP)
A Orquestra Guerra-Peixe (OGP) nasceu em 2014 frente à grande demanda de alunos mais jovens pela participação na orquestra principal do Programa Aprendiz (OSA). O excelente trabalho de musicalização e introdução instrumental desenvolvido nas escolas municipais aumentou a quantidade de crianças aptas e interessadas a integrar um grupo artístico.

Com a chegada de novos alunos vêm novas demandas: elaborar estratégias e repertório adequados para atender os muitos estudantes com apenas 11 anos de idade que já tinham boa desenvoltura técnica e conhecimentos musicais. Assim, foi fundada a OGP.

O nome do conjunto veio em homenagem ao centenário de nascimento do maestro César Guerra Peixe, um dos principais compositores da música brasileira, celebrado em 18 de março de 2014. A Orquestra Guerra-Peixe em sua formação mais recente era composta por cerca de 16 jovens instrumentistas com idades entre 11 e 14 anos, contemplando principalmente instrumentos de corda, como violinos (1°, 2° e 3°), violas e cello. Daniel Andrade, professor de violino, responde pela condução do grupo. O repertório é primordialmente brasileiro e os ensaios acontecem na Sala Aprendiz.

A Orquestra Guerra-Peixe funciona como um nível intermediário entre os egressos das escolas e os alunos de nível avançado da Orquestra Sinfônica Aprendiz. Desde sua criação a OGP tem cumprido uma agenda de apresentações e vem impressionando outros jovens e adultos com seu desempenho. Ao atingirem nível técnico suficiente (aprovado em banca específica), os instrumentistas maiores de 14 anos de idade podem passar a integrar a OSA (ou ambas).


Banda Sinfônica Aprendiz
É formada por alunos que integram a Orquestra Sinfônica Aprendiz (OSA) e em sua formação mais recente contava com cerca de 20 instrumentistas. Desde 2011, o grupo se apresentou com um repertório independente e cumpriu agenda artística em locais como Museu de Arte Contemporânea (MAC), Teatro Municipal de Niterói, Sala de Cultura Leila Diniz, Teatro Popular de Niterói, dentre outras salas de concerto.

Sua formação instrumental é centrada nos instrumentos de sopro, incluindo trompas, clarineta, flauta transversal, oboé e fagote. A condução do grupo tem sido feita por Gabriel Delatorre, monitor de regência orquestral junto à OSA, sob supervisão do maestro Evandro Rodriguese.

Em 2013 o conjunto inaugurou a parceria com a Gersthofen Youth Orchestra, uma orquestra jovem de sopros alemã, com um concerto no shopping Bay Market. Desde então, foi intensificado o intercâmbio de alunos entre Brasil e Alemanha: em 2014, o Programa enviou 3 jovens aprendizes para passar um mês em Hamburgo - estudando, tocando e aprendendo e, em 2015, foram mandados 6 alunos para Alemanha para realizar apresentações e workshops com eles, enquanto o Programa recebeu uma jovem instrumentista alemã que foi integrada ao projeto durante 60 dias.






Tags Programa Aprendiz,




Emmanuel de Macedo Soares (1945-2017)
K. Lixto (1877-1957)
Memória: Dois niteroienses entre os Maiores Brasileiros Vivos em 1924
Manoel Benício (1861-1923)
Cláudio Valério Teixeira (1949 - 2021)


aaaaaa

Mapa do Site

Cultura Niterói
 
Espaços Culturais
 
Programas
 
Outros
 
 
 
Portal Transparência
Contracheque Online
e-SIC
Comprovante de Rendimento
Consulta de Processos
 
Rua Pres. Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Tel: (21) 2719-9900 | E-mail niteroi.culturas@gmail.com