PREFEITURA DE NITERÓI MANTERÁ BIBLIOTECA ESTADUAL ABERTA
 
 
Baixe a agenda do mês

Unidade recebe, em média, 400 pessoas por dia e 10 mil usuários por mês

Após assumir, em dezembro de 2015, o custeio e a manutenção da Biblioteca Parque de Niterói, o prefeito Rodrigo Neves anunciou hoje (26) que renovará o acordo de cooperação para manter a unidade aberta no próximo ano. A renovação do convênio será assinada na próxima quarta-feira (28). A unidade recebe, em média, 400 pessoas por dia e 10 mil usuários por mês.

“A biblioteca estadual de Niterói faz parte do patrimônio histórico da cidade. Lutei muito como deputado para a restauração desse belíssimo prédio. Hoje a Biblioteca Parque tem uma função relevante para Educação e Cultura de Niterói, milhares de jovens e cidadãos amantes da cultura frequentam diariamente esse espaço. Como prefeito, não poderia deixar que este equipamento cultural fechasse”, informa o prefeito Rodrigo Neves.

O Município irá arcar com 12 parcelas mensais de R$ 150 mil para manter o pagamento de funcionários, a limpeza e manutenção do espaço, que são responsabilidade do governo estadual. Em 2015, quando o convênio começou, foram pagos R$ 450 mil para sanar dívidas e, neste ano de 2016, a Prefeitura repassou parcelas de R$ 160 mil.

“A garantia, por parte da administração municipal, da manutenção do espaço público aberto é a demonstração do comprometimento da gestão com a cultura da cidade e com a inclusão social. Ter uma biblioteca pública gratuita, aberta, e em pleno funcionamento para toda população de Niterói é garantir aos munícipes o pleno desenvolvimento cultural e o acesso aos equipamentos de Niterói”, elogiou o presidente do Conselho Municipal de Cultura, Renato Almada.

Henrique Oliveira, diretor de Operações do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG), organização social (OS) que gerencia a Biblioteca Parque de Niterói, destaca que o equipamento foi o primeiro do estado e que tem mais de 82 anos, sendo uma referência para a pesquisa do mundo acadêmico e para a população em geral.

“É um conceito moderno de biblioteca, reinventada, modernizada, com acervo de livros, DVDs, audiolivros e atividades associadas a esses acervos. A programação é montada para instigar, cada vez mais, o acesso do usuário a novos conhecimentos, de forma lúdica. O município não poderia ficar sem um equipamento destes”, ressalta Oliveira.

A biblioteca também é sede da Academia Fluminense de Letras (AFL), que completa no ano que vem 100 anos de fundação.





Publicado em 27/12/2016






Publicado em
Tags Biblioteca de Niterói,


I Congresso Brasileiro das Academias de Letras
O continente se comunica em Niterói
Convocatória para a criação de um grande painel de Graffiti em Charitas
Encontro de Gestores Municipais da Cultura reúne mais de 40 cidades
Documentário sobre Chico Batera terá pré-estreia em Niterói
Baixe a agenda do mês do Arte na Rua

Rua Presidente Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Telefone (21) 2621-5050 | E-mail sculturalniteroi@gmail.com (secret) e contato.culturaniteroi@gmail.com (FAN)