CÁSSIO TUCUNDUVA - "FILHO" (2000)
 
 
Baixe a agenda do mês

Amor ao blues e ao rock’n’roll: essa foi uma das principais motivações que levou o jovem Cássio Tucunduva a se aventurar pelos caminhos da música. Cássio nasceu no Rio de Janeiro, em 19 de julho de 1950. Sua carreira teve início na adolescência, na lendária banda niteroiense Os Lobos, nos anos 60, especialmente ao lado de Dalto, Antônio Quintella e Cristina Tucunduva. O grupo se apresentou no eixo Rio-Niterói, em bailes, shows e programas de TV com gravações, que ganharam as paradas de sucesso das rádios e trilhas sonoras de novelas.

No currículo do músico constam cursos de violão, de Teoria, Harmonia e workshops de guitarra. Cássio também cursou a Faculdade de Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense - UFF, concluindo o curso em 1976, e fez até o 5º período da Faculdade de Música, na UNIRIO. Depois, ao partir para carreira solo, teve uma de suas composições defendida pela banda Roupa Nova no Festival MPB Shell da Rede Globo, em 1980, a partir do lançamento de seu primeiro disco pelo selo independente PLUG, o compacto "No colo d'El Rey".

Em 1991, o músico inaugurou o Selo Niterói Discos com o LP "Os Lobos", que teve a participação de Dalto interpretando "Fábula". Essa foi uma retomada rápida da banda depois de quase quinze anos distante dos palcos. Entre suas experiências como músico de estúdio, Cássio marcou presença em discos de Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Emilio Santiago, Zizi Possi e Chico Buarque, entre outros.

Em 2000, lançou, pelo Selo Niterói Discos, o CD solo "Filho", o 100° da Niterói Discos. Com 11 faixas, o guitarrista e violonista despertou a atenção do público e da crítica pelo equilíbrio harmônico, precisão rítmica e facilidade em criar linhas melódicas improvisadas. "Carlinhos", "344" e "Ah, é Jazz" exemplificam bem essas qualidades presentes no disco.



Ano: 2000
Nome do disco: Filho - Cássio Tucunduva


Músicas
01. Carlinhos (Cássio Tucunduva e Carlos Simões)
02. 344 (Cássio Tucunduva)
03. Ondas Moduladas (Cássio Tucunduva e João Luiz Magalhães)
04. Rio Das Ostras (Adílio Silveira)
05. Cabelo de Fogo (Piry Reis ,Geraldinho Carneiro e Cássio Tucunduva)
06. Rua Noturna (Cássio Tucunduva,Bira da Flauta e Luiz Antônio “Continental”)
07. Ah, É Jazz ?... (Cássio Tucunduva)
08. As Noites de São Paulo (Cássio Tucunduva e Biafra)
09. Pernada (Cássio Tucunduva e Dalto)
10. Fábula (Cássio Tucunduva e Tibério Gaspar)
11. Camboinhas (Cássio Tucunduva e João Luiz Magalhães)




Ficha Técnica
Produção musical: Cláudio Infante
Produção executiva: Arthur Maia e Marcos Vinícius Heizer
Arranjos de base: Cássio Tucunduva
Arregimentação e arranjos: Cássio Tucunduva e Cláudio infante
Técnico de gravação e mixagem: Luiz Fernando “Grilo”
Masterização: Sérgio Murilo
Projeto gráfico: Santoro Design
Direção de arte: Anita Santoro e Rachel Leite
Fotos: Paulinho Muniz


Ficha Institucional

Prefeitura Municipal de Niterói
Prefeito: Jorge Roberto Silveira

FUNIARTE
Presidente: Cláudio Valério Teixeira

NITERÓI DISCOS
Diretor Executivo: Ivan Macedo
Produtor: Paulo Renato Rocha





Publicado em 10/02/2017






Publicado emNiterói Discos
Tags Cássio Tucunduva,


Arnaldo Rodrigues - "Composições"
Paulo Leonel - "O Que Tenho Pra Dizer" (2002)
Triodélico - "Tempo" (2002)
Canto e Fé (2002)
Sydnei Carvalho e Alex Martinho - "Intensity" (2005)
Baixe a agenda do mês do Arte na Rua

Rua Presidente Pedreira, 98 - Ingá, Niterói - RJ, 24210-470 | Tel:(21) 2109-2222 | Email: gestao.solardojambeiro@gmail.com