GRACINHA - "O LADO CONTRÁRIO DA DOR" (1996)
 
 
Baixe a agenda do mês

Cantora e Vedete, Grácia Lília Rosário, mais conhecida como Gracinha, nasceu no bairro carioca do Estácio, em 13 de outubro de 1932. A artista aprendeu dança clássica com a célebre dançarina Eros Volúsia.

Em 1951, atuou com Bibi Ferreira no teatro de revistas na peça "Escândalo 1951" utilizando o nome artístico de Gracinha. Atuou nas Rádios Guanabara e Rádio Clube do Brasil. Começou a carreira artístixca no Rádio cantando no programa "Papel carbono", apresentado por Renato Murce. Cantou na Mayrink Veiga, para a qual foi contratada em 1952. Atuou também na Rádio Guanabara e na Rádio Clube. Em 1953, contratada pela gravadora Sinter, gravou o samba "Apito de Mangueira", de Lilico, Salvador Micelli e Mário Blanco, com acompanhamento de conjunto e coro. Concorreu ao título de Rainha do Rádio de 1955.

Por volta de 1960, já com o nome artístico de Gracinda Gracinha, gravou no selo Marajoara o samba "Esqueci Madalena", de Nahum Luiz e J. Costa, e a marcha "Tudo sobe", de Aricino da Silva e Maurício Vasques. Gravou depois pelo selo Santa Anita o samba-choro "Um lugar ao sol" e o choro "Não sou prosa", ambas de autores desconhecidos. Continuou cantando embora sem o mesmo sucesso da época que concorreu ao título de Rainha do Rádio.

Em 1995, gravou pela Niterói Discos o LP "O lado contrário da dor - Gracinha interpreta Maria Aparecida", no qual interpretou músicas da compositora Maria Aparecida: "Pode até", "Caro amigo meu", "Caraboa", "Fala de mim Mangueira", "Parar de sambar", e "Até chegar". O LP foi lançado no ano seguinte, em 1996.

Ano: 1996
Nome do LP: O Lado Contrário da Dor - Gracinha


Musicas

Lado a
01. Pode A (Maria Aparecida)
02. Caro Amigo Meu (Maria Aparecida)
03. Cara Boa (Maria Aparecida)

Lado b
04. Fala de Mim Mangueira (Maria Aparecida)
05. Parar de Sambar (Maria Aparecida)
06. Até Chegar (Maria Aparecida)




Ficha técnica
Letras e músicas: Maria Aparecida
Produção executiva: Fábio Motta
Produção musical: Zé Neto
Direção artística: Tereza Cristina
Gravação e mixagem: Zé Neto
Gravação: Studio Trilha Certa
Mixagem: Castelo Studio
Arranjos: Zé Neto
Vocais: Krica e Zé Neto
Direção de arte e projeto gráfico: Anita Santoro e Luiz Alberto Lorena
Diagramação: Larissa Araujo
Arte final: Elienzer André
Fotos: Magno Mesquita
Fotolitos: Chromotech
Maquiagem e cabelo: Betho Poubel


Ficha Institucional

Prefeitura Municipal de Niterói
Prefeito: João Sampaio

FUNIARTE
Presidente: Luiz Antônio Mello

NITERÓI DISCOS
Diretor Executivo: Ivan Macedo
Produtora: Mariana Marinas




Publicado em 16/02/2017






Publicado emNiterói Discos
Tags Gracinha,


Arnaldo Rodrigues - "Composições"
Paulo Leonel - "O Que Tenho Pra Dizer" (2002)
Triodélico - "Tempo" (2002)
Canto e Fé (2002)
Sydnei Carvalho e Alex Martinho - "Intensity" (2005)
Baixe a agenda do mês do Arte na Rua

Rua Presidente Pedreira, 98 - Ingá, Niterói - RJ, 24210-470 | Tel:(21) 2109-2222 | Email: gestao.solardojambeiro@gmail.com