CACHOEIRA
 
 
Baixe a agenda do mês

Área: 1,39 km2
População: 3149 habitantes (IBGE 2000)

Localizado a partir da confluência das duas principais vias do bairro de São Francisco (Avenidas Rui Barbosa e Presidente Roosevelt), o bairro de Cachoeiras estende-se até o Largo da Batalha sendo, do ponto de vista geográfico, o fundo do vale situado entre as encostas do Cavalão e do Morro de Santo Inácio. Cachoeiras limita-se com Viradouro, Largo da Batalha, Maceió, Cafubá e São Francisco tendo sido criado pela Lei nº 4895 de 08.11.96.

Cortando o vale entre os dois morros já citados, existia um caminho que ligava São Francisco/Cachoeiras ao Largo da Batalha e, daí, seguia em direção ao interior do estado interligando-se à estrada Velha de Maricá. Este caminho recebeu posteriormente a denominação de Estrada da Cachoeira, pois nele existe um rio que desce do Largo da Batalha em direção à praia do Saco de São Francisco pela encosta íngreme e que, em outras épocas, formava uma cachoeira.

Esta estrada, apesar de muito íngreme e de difícil conservação teve um papel econômico relevante no transporte de mercadorias (tropas de mulas) e viajantes. Com a expansão da cidade para novas áreas, outros caminhos/estradas passaram a ser utilizados, entre eles o que sobe o Morro do Viradouro (Garganta) a partir de Santa Rosa em direção ao Largo da Batalha. Assim a estrada da Cachoeira deixou de ser conservada, ficando num estado tão precário que esteve intransitável por um tempo. Só recentemente, a estrada passou processos de urbanização e ampliação, tornando-se importante via de comunicação para as Regiões de Pendotiba e Oceânica.

Ligado por razões urbanas e históricas ao bairro de São Francisco, Cachoeiras difere deste não só no traçado interno de suas ruas — não apresentando a forma tabuleiro de xadrez comum àquele bairro — como também por apresentar alternância entre os tipos de residência, existindo o contraste entre as casas de padrão construtivo que variam do médio (residências do moradoras mais antigos), passam pelo elevado (casas em condomínios) e confundem-se com as auto-construções, quase sempre na encosta. Essas residências eram erguidas em terrenos de posse1, encontrando-se atualmente com suas áreas mais acessíveis bastante ocupadas.

(1) Principalmente no local conhecido como grota, que teve ocupação mais intensa nos anos 50.

Fonte: Niterói-Bairros - Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia de Niterói - 1991




Publicado em 28/06/2013







ÍNDICE DOS BAIRROS DE NITERÓI

REGIÃO DA BAÍA REGIÃO NORTE REGIÃO PENDOTIBA REGIÃO LESTE
Ponta D'Areia Ilha da Conceição Ititioca Muriqui
Centro Barreto Largo da Batalha Rio do Ouro
São Domingos Santana Maceió Várzea das Moças
Gragoatá São Lourenço Sapê
Boa Viagem Engenhoca Badu REGIÃO OCEÂNICA
Ingá Fonseca Cantagalo Jardim Imbuí
Morro do Estado Cubango Maria Paula Piratininga
Icaraí Tenente jardim Matapaca Cafubá
Fátima Viçoso Jardim Vila Progresso Jacaré
Pé Pequeno Baldeador Santo Antônio
Santa Rosa Caramujo Camboinhas
Vital Brazil Santa Bárbara Serra Grande
Viradouro Maravista
São Francisco Itaipu
Cachoeira Engenho do Mato
Charitas Itacoatiara
Jurujuba





Publicado em
Tags ,


Exposição relembra os tempos de escola
"Memórias da Rua" leva fotografias históricas para as Praças
Niterói comemora 440 anos com grande programação cultural
Historiador do DDP-FAN lança "Os bispos católicos e a ditadura militar brasileira"
História de Niterói
Rua Presidente Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Telefone (21) 2621-5050 | E-mail sculturalniteroi@gmail.com (secret) e contato.culturaniteroi@gmail.com (FAN)