O TEATRO MUNICIPAL DE NITERÓI RECEBE LUCY ALVES
 
 
Baixe a agenda do mês

É com espírito de quem bebe na fonte da música nordestina tradicional que Lucy Alves apresenta seu show em duas apresentações no Teatro Municipal de Niterói, nos dias 17/11, sexta, e 18/11, sábado, sempre às 20h.

Com uma mistura de gêneros e releituras de clássicos, Lucy mostra toda a sua personalidade artística e musical em um show forte, dançante e versátil, com espaço para o tradicional e o contemporâneo. Uma sonoridade única, com raízes na música nordestina, mas que não deixa de lado as influências do jazz, do blues, do rock e do eletrônico.

Lucy também mostra para o público seu lado musicista e multi-instrumentista, tocando não só a sanfona que a consagrou, como violino, seu primeiro instrumento, guitarra baiana, bandolim e escaleta. Ingressos: R$ 80,00 (inteira), classificação indicativa livre.

Lucy Alves Lucyane Pereira Alves, ou “Lucy Alves”, nasceu em João Pessoa, PB, em 6 de março de 1986. Ainda menina dividia seu tempo entre as bonecas e os instrumentos musicais. Incentivada pelo pai “José Hilton”, aos dois anos já tocava violino, e aos quatro ingressou no mundo da música pelo Projeto Formiguinhas e depois sendo violinista na Orquestra Infantil da Paraíba e da Camerata Izabel Burity. Participou como solista das Orquestras Sinfônicas da Paraíba e de Recife e da Orquestra da Câmara de João Pessoa, além de ter tocado violino no Conservatório Musical da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Lucy costumava tocar em casa com as irmãs, Laryssa e Lizete e a mãe Maria José “Morena” além do pai, Badu. E em 2002, montaram o Grupo Clã Brasil, que tocava os ritmos regionais do Nordeste e repertório de grandes ídolos nordestinos como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Dominguinhos, entre outros. O grupo viajou muitos quilômetros no interior da Paraíba e registrou seu sucesso na região em seis CDs e dois DVDs. No ano de 2010, o Grupo Clã Brasil foi homenageado no plenário da Câmara Municipal de João Pessoa e receberam “Comenda Ariano Suassuna”, e, no mesmo ano, foram considerados por especialistas como o grupo paraibano de maior sucesso no Brasil e no exterior.

No ano de 2013 a cantora participou do Programa The Voice Brasil, apresentando em sua audição às cegas “Que Nem Jiló”, de Luiz Gonzaga, tocando um acordeom enquanto cantava. Após sua participação no programa, no qual chegou até a final, a cantora paraibana assinou contrato com a gravadora Universal, se lançando em carreira solo. Lucy continuou fiel ao mesmo repertório que já apresentava com o Clã Brasil, além de confirmar a tradição incluindo suas próprias composições. Essa fase está registrada com seu primeiro álbum solo, lançado pela Universal Music.

Em 2014, a cantora realizou seu primeiro show do ano, sua primeira apresentação após o sucesso no reality show que projetou sua carreira, sendo homenageada pela Prefeitura de João Pessoa. Em sua apresentação, a artista trouxe um pouco do universo de Luiz Gonzaga, uma das suas maiores influências musicais, apresentando suas versões para os grandes clássicos do “rei do baião”. Também não faltaram as músicas que a levaram à final do The Voice Brasil. Ainda no ano de 2014, a cantora venceu o Brazilian Press Awards na categoria Melhor Show em Turnê de 2014. Lucy concorreu com artistas renomados como Caetano Veloso e Milton Nascimento e recebeu o prêmio no mês de maio, na Flórida.

Lucy chamou a atenção de grandes nomes da música em parcerias no palco e em estúdio. Já gravou e tocou ao lado de Dominguinhos, Marinês, Pinto do Acordeon, Sivuca, Quinteto Violado e Oswaldinho do Acordeon. Fez parte da banda de Alceu Valença em shows pelo Brasil, participando de projetos como o “Pixinguinha” (com o grupo Chorisso) e do “Festival Internacional da Sanfona”.

A artista é versátil com vários instrumentos; ela diz “eu toco, além da sanfona, bandolim, fole de oito baixos, contrabaixo, cavaquinho, violino, rabeca, e “arranho” outros por aí”. Lucy tem se aperfeiçoado na sua arte cada vez mais, e enfatiza: “talvez, por estar ainda aprimorando o meu lado de compositora, o lado intérprete esteja falando mais alto. Mas venho sentindo que o lado autoral vem ganhando espaço em mim, e é por aí que pretendo seguir”.

Serviço
O Teatro Municipal de Niterói recebe Lucy Alves
Data: Sexta e sábado, 17 e 18 de novembro de 2017
Horário: 20h
Duração: 80min
Ingressos: R$ 80,00 (inteira)
Classificação indicativa: Livre

Teatro Municipal de Niterói
Rua XV de Novembro, 35, Centro
Tel: (21) 2620-1624

Clique para ampliar.




Publicado em 14/11/2017






Publicado emTeatro Municipal
Tags Lucy Alves,


Teatro Municipal de Niterói
O Teatro Municipal de Niterói orgulhosamente apresenta: "Fafá de Belém e as Guitarradas do Pará"
DagÔ apresenta "Dá Licença" no palco do Municipal
Orquestra Sinfônica Aprendiz no Teatro Municipal de Niterói
Ciclo de Leituras Dramatizadas apresenta "A Vida Como Ela É"
Rua Quinze de Novembro, 35 - Centro, Niterói - RJ, 24020-125 | Tel:(21) 2620-1624 | Email: producao.tmjc@gmail.com