“MÁSCARAS E DAEMONS” EM CARTAZ NA SALA JOSÉ CÂNDIDO DE CARVALHO
 
 
Baixe a agenda do mês

A exposição "Máscaras e Daemons", de Letícia de Almeida Nascimento, entra em cartaz na Sala José Cândido de Carvalho no dia 16 de janeiro, às 19h. Poderá ser visitada até 5 de março, de segunda a sexta, das 9h às 17h, entrada franca. A mostra, com curadoria da pintora Desirée Monjardim, foi originada a partir do Trabalho de Conclusão de Curso em Pintura da Escola de Belas Artes/UFRJ de Letícia Nascimento, que desenvolveu uma pesquisa artística teórica e plástica orientada pela Prof. Dra. Martha Werneck. O projeto analisa os conflitos acerca da construção da identidade e personalidade na sociedade contemporânea. Tais aspectos são contextualizados dentro de um campo simbólico que envolve a representação do ser humano e de animais, sob perspectiva melancólica acerca dessa relação.



MÁSCARAS E DAEMONS, pela Profa. Dra. Martha Werneck
"Máscaras são necessárias ao convívio social. Todos os espaços que frequentamos exigem de nós uma postura, um papel a cumprir. Dispostos a enfrentar essa questão, refletimos acerca de nosso lugar na comunidade que ajudamos a formar. Com nossos corpos ocupamos esses lugares, vemos e somos vistos.

Em Máscaras e Daemons, conjunto de trabalhos desenvolvido pela pintora Letícia Nascimento, está explícito o desconforto presente em todo ser que se percebe refém dessas atuações. Lidar com o mutável e o transitório que a contemporaneidade nos impõe é lidar com vários papéis simultaneamente, com a troca constante dessas máscaras. Com isso pretendemos atender a anseios alheios e também nos colocarmos em modo de flutuação, de constante movimento, transitando por esse mundo do efêmero, da liquidez do filósofo Bauman e da eterna incerteza que, por sua vez, toca também no questionamento acerca de quem somos. A identidade do indivíduo, suas máscaras e papéis sociais são o cerne do trabalho de Letícia. Com base em ensaios fotográficos de modelos que conhece bem, a artista busca ligar a imagem do humano ao questionamento da máscara, que traz em si a figura do animal. Este último seria o apelo ao que há de selvagem e autêntico em nós, ou mesmo uma identidade que assumimos em certas ocasiões. Cada animal está a simbolizar determinadas características que a pintora conecta a seus modelos. A atmosfera é noturna, indicando um recolhimento dos seres retratados que, portando máscaras, refletem acerca de sua identidade mais profunda. O contraste de claro escuro indica plasticamente um embate. Quem somos? Como nos afirmamos a partir do que acreditamos?

Parecem ser esses os questionamentos desses seres femininos, representados com olhar lânguido e reflexivo. Talvez seja assim que a artista nos questione acerca das verdades sobre nós mesmos".





SERVIÇO:
"Máscaras e Daemons", de Letícia de Almeida Nascimento
Curadoria: Desirée Monjardim
Abertura: 16 de Janeiro, 19h
Visitação: Até 05 de Março, de 2ª a 6ª, das 9h às 17h
Entrada Franca
Classificação indicativa: Livre


Local: Sala José Cândido de Carvalho
Endereço: Rua Presidente Pedreira, 98 - Ingá, Niterói - RJ, 24210-470
Telefone: (21) 2719-9639




Publicado em 15/01/2018






Publicado emSala José Cândido de Carvalho
Tags Máscaras e Daemons,


“Corpo na Natureza” em cartaz na Sala José Cândido de Carvalho
Mostra "Corpos Anônimos" em cartaz no Ingá
Dark Room, de Vinicius Gerhein, em cartaz no Ingá
Cena Festiva, de Lua Barbosa, na Sala José Cândido de Carvalho
Mostra "Jardim de Memórias" na Sala José Cândido de Carvalho
Rua Presidente Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Telefone (21) 2621-5050 | E-mail sculturalniteroi@gmail.com (secret) e contato.culturaniteroi@gmail.com (FAN)