Secretaria de Cultura de Niterói / Fundação de Artes de Niterói
  MAREJADA CULTURAL DOS PESCADORES MOVIMENTA ITAIPU NO FINAL DE SEMANA
 
 
Agenda
Cultura
Niterói

Baixe aqui nossa programação mensal completa
Cultura Niteri

Evento que valoriza a cultura tradicional da comunidade de pescadores encantou o público com diversas atrações

Cerca de mil pessoas passaram pela 5 ª edição da Marejada Cultural, que aconteceu, na Praia de Itaipu, no fim de semana dos dias 31 de agosto e 1 de setembro. A tradicional festa, promovida pela “Associação Livre dos Pescadores e Amigos da Praia de Itaipu”, foi selecionada na 1ª edição do Ações Locais da Cultura Niterói.

O Museu de Arqueologia de Itaipu, localizado no mesmo espaço do evento, permaneceu aberto ao público, gratuitamente, nos dois dias de atividades. Os interessados puderam conferir as exposições “Percurso do Tempo: Revelando Itaipu”; “Faces de Itaipu: As Expressões do Passado pelas Lentes de Ruy Lopes”; e “Herança da Terra”. Todas abordam as ocupações pré-históricas locais, as comunidades tradicionais da região e o histórico do Recolhimento de Santa Teresa. O calor que fez no sábado animou a galera a dar um mergulho e curtir a festa, que contou também com um torneio de futebol, em uma divertida pelada à beira-mar. Em meio as atrações culturais, barracas preparavam deliciosos pratos de frutos do mar, à base de peixes, mexilhões, polvos e lulas.

Como em todos os encontros de pescadores, não poderia faltar o jogo de dominó – um torneio divertido e especial para toda a família. O primeiro dia desta edição da Marejada Cultural contou, ainda, com uma roda de conversa sobre economia solidária e com o cineclube “Mostra de Cinema do Mar: Caiçaras às margens do Brasil”, além de curtas-metragens. Tiveram, ainda, duas atrações musicais para fechar o sábado em grande estilo: samba com Paulo Zerbini e banda; e reggae da melhor qualidade com “Marejada Reggae 19” – banda criada a partir da reunião de amigos. Formada por músicos com ampla bagagem musical em Niterói, o grupo traz em seu repertório canções clássicas nacionais e internacionais que falam de justiça, de amor, de resistência, do mar e da natureza. Foi diversão garantida para toda a família!

“A Marejada é um evento bem tradicional e quando ganhamos o prêmio Ações Locais da Cultura, foi muito importante, pois nos ajuda a melhorar o espaço. As pessoas que vieram ao evento neste fim de semana puderam observar que existe uma cultura popular. Há uma população tradicional no entorno. Estas populações aparecem, mas com muita luta. Este prêmio está nos dando uma visibilidade muito grande. As programações deste ano estão um luxo, deu para ver que todos ficaram muito felizes!”, explica o pescador Seu Chico, um dos organizadores do evento.

No domingo, mais atrações esportivas movimentaram a praia de Itaipu, a partir das 9h: competição de canoagem de pesca, com participação de 3 canoas, com quatro competidores cada uma, disputando qual a mais veloz na remada do mar, resgatando como esporte uma tradição dos pescadores da região; e roda de capoeira, do Grupo Centro Cultural Senzala, que tem a frente o contramestre Tetel (Quintal dos Pescadores). Bia Bedran e seu grupo subiram ao palco, ainda pela manhã. A criançada e os papais saudosos se divertiram com as inesquecíveis cantigas de rodas e outras canções antigas. Durante o espetáculo, a artista contava histórias, valorizando a presença física dos livros como em uma grande biblioteca. Os contos e as personagens ganhavam vida numa contínua viagem musical com os olhares atentos dos pequenos e de toda a família.

Bia Bedran aprontou o momento como mágico: “Tenho certeza que essa energia mágica que eu senti de cantar, nessa região que faz parte da minha vida, se estendeu ao público. Sou niteroiense e Itaipu é o cenário de minha vida, das minhas tardes de pôr do Sol e poder participar da Marejada fez com que eu me sentisse pertencente ao movimento ecológico, ao movimento social da minha cidade, em prol dos pescadores tradicionais de Itaipu. Esse museu arqueológico, que aqui existe, é tão lindo, que mais gente precisa visitar. Fiquei muito feliz de cantar aqui hoje. Meus shows englobam várias gerações. Pude fazer um ‘revival’ das canções que atravessaram o mar da minha vida e chegaram até o mar de Itaipu”.

O público pôde participar também da “Roda de conversa: Roda de Mulheres”, no Museu de Arqueologia de Itaipu, cujo objetivo foi apresentar e debater as mudanças e permanências experimentadas no cotidiano destas mulheres, bem como suas relações com a pesca, com a família e com a comunidade do entorno.

“Foi muito importante receber este prêmio Ações Locais, pois conseguimos fazer atividades, que antes não conseguíamos. Esta verba veio a contribuir com custos que nós não podíamos arcar”, disse Mauro Souza Freitas – Diretor da Associação Livre dos Pescadores e Amigos da Praia de Itaipu.

As atividades continuaram ao longo do dia, com o samba de Paulo Zerbini e banda, além de filmes e o melhor do repertório do Nordeste com Rafael Lira, entre outras. Nem a chuvinha que caiu a tarde, espantou os presentes, que tiraram o pé do chão com as atrações musicais.







Campanha de financiamento coletivo "Em frente com o Prevê"
Bem TV: Você conhece o Projeto Jovens Comunicadores ?
Talentos das comunidades no Papo na Subida
Rede de Cidadania Cultural
Espaço Nova Geração oferece inscrições para oficinas gratuitas


aaaaaa

Mapa do Site

Cultura Niterói
 
Espaços Culturais
 
Programas
 
Outros
 
 
 
Portal Transparência
Contracheque Online
e-SIC
Comprovante de Rendimento
Consulta de Processos
 
Rua Pres. Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Tel: (21) 2719-9900 | E-mail niteroi.culturas@gmail.com