Tombamento municipal em 07/10/1993
Processo 110/022/92 - Lei n° 1.227/93

Rua Coronel Tamarindo, 31 - Gragoatá

Contruída em 1937 para residência da família Amorim da Cruz, a edificação eclética é um exemplar típico de residência burguesa do gênero popularmente conhecido com "Castelinho". Reformada na década de 1940, recebeu diversas transformações ao longo dos anos, sem perder as características arquitetônicas principais.

Sobrado com aproveitamento de sótão, misturando influências de nacionalidades diversas - como elementos à moda inglesa, normanda e bávara, próprias da época - o Castelinho do Gragoatá é uma construção de gosto aberto, lúdico, onde a fantasia e a liberdade de criação se conjuga com a diversidade de técnicas construtivas, como alvenaria de pedra, ora bruta ora aparelhada, enxaimel e tijolo aparente. Também se destacam uma escultura de um homem com cachorro na fachada e um torreão, cuja cobertura original em escamas de folhas de flandres foi inadequadamente substituída por fibra de vidro translúcido.










Publicado em 15/03/2013
Palacete São Domingos ou da Praia Grande
A Compra do Palacete Leia mais ...
Capela de Nossa Senhora da Conceição Leia mais ...
Paróquia de São Francisco Xavier Leia Mais ...