Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a Sala Carlos Couto abre a primeira exposição do ano, em homenagem à cantora Elizeth Cardoso

Na semana em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a Sala Carlos Couto abre a exposição “Divina Elizeth”, a primeira do ano e uma homenagem a Elizeth Cardoso. A abertura ao público vai ser na quarta-feira, 9 de março, das 11h às 16h. A diretora da Sala, Teca Nicolau, convidou o cartunista e pesquisador Zé Graúna para, juntos, apresentarem 15 caricaturas, feitas por artistas brasileiras que desenharam versões diferentes da cantora sob a curadoria do cartunista.

A mostra conta um pouco da carreira da artista e apresenta fotografias, Lps, documentos, discografia e caricaturas – cerca de 15, em versões diferentes da cantora, feitas por artistas brasileiras, que fazem parte do coletivo feminino Elas por Elas. Andréa Paula Stelling, Claudia Sobral, Fani Loss, Greice Silva, Joseane Santiago, Karina Pereira, Liz França, Maria Rita, Pribalima, Rosana Fávero Amorim, Synnöve, Thais Leal, Thamiris Freitas, Very Saiki e Yasmin Matos criaram caricaturas, retratos e ilustrações, cada uma na sua técnica e estilo preferidos.

"Realizar essa exposição se dá pela importância de homenagear essa grande figura que foi Elizeth Cardoso. A cantora se destacava, não só no cenário da música, mas também em sua representatividade como mulher de sucesso no século XX. ‘A Divina’, ‘Enluarada’, ‘Noiva do Samba’, ‘Magnífica’ são alguns dos muitos apelidos que carregou e foram, ainda, o resultado de sua imponência e distinção como uma das maiores vozes do samba e da música brasileira como um todo. Assim, a Sala Carlos Couto não poderia deixar de homenagear essa mulher tão forte que significou e significa tanto para a cultura nacional", afirma Teca Nicolau.

"A exposição 'Divina Elizeth' é a oportunidade ideal para lembrar de uma artista que marcou nossa História e, ao mesmo tempo, apresentar ao público algumas das desenhistas mais talentosas da nova geração", explica Zé Graúna.

Conhecida como A Divina, Elizeth (1920 – 1990) é considerada uma das maiores intérpretes da música brasileira, além de uma das mais talentosas cantoras de todos os tempos, reverenciada pelo público e pela crítica nacional e internacional.


Protocolos sanitários:

É necessário apresentar o comprovante de vacinação em dia, no formato impresso ou digital, acompanhado de um documento com foto. Todas as medidas de segurança sanitária são seguidas, como a obrigatoriedade do uso de máscara durante a permanência no espaço, que terá o número máximo de 12 visitantes por vez, para evitar aglomeração.


SERVIÇO

Exposição "Divina Elizeth"
Curadoria: Teca Nicolau e Zé Graúna
Período expositivo: de 9 de março a 30 de abril
Dias e horários: de terça a sexta-feira, das 11h às 16h
Entrada gratuita

Local: Sala Carlos Couto
Endereço: Rua XV de Novembro, 35, Centro, Niterói
Tel.: 2620-1624





Publicado em 08/03/2022
Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca se apresenta na Sala Carlos Couto Segunda, 27 de junho
Adriana Ninsk abre exposição, na Sala Carlos Couto De 14 de junho a 27 de julho