Secretaria de Cultura de Niterói / Fundação de Artes de Niterói
  JOSÉ TOBIAS: UM CANTO BRASILEIRO
 
 
Agenda
Cultura
Niterói

Baixe aqui nossa programação mensal completa
Cultura Niteri

Em 2004, a Niterói Livros, publicou a obra "José Tobias: um canto brasileiro", de Lauro Gomes de Araújo. Seu bel canto, de timbre raro, é o fio condutor da narrativa que aborda sua vida nos anos 50 até 1980. É como se o autor utilizasse as histórias de José Tobias como uma radiografia da música brasileira, passando pelos seus trabalhos no teatro de revista, no rádio, no cinema e na TV.

Todo um mundo de cantores, radialistas, produtores, empresários, regentes e compositores, como Capiba, Dorival Caymmi, Luiz Gonzaga, Guerra Peixe, Catulo da Paixão Cearense e João Pernambuco, gravados por Tobias, emergem nessa "biografia" séria e consistente do jornalista e escritor Lauro Gomes de Araújo.

Clique para ampliar
Cidadão niteroiense, nascido na periferia de Recife, no ano de 1928, é dono de um dos mais bonitos e diferentes timbres de voz. Cantando em região muito grave, Tobias impressiona pela nitidez de sua voz, numa extensão quase não mais ouvida, hoje em dia.

Duas Palavras

Lauro Gomes de Araújo, meu brilhante amigo e irmão de fé (MPB), pediu que eu escrevesse algumas palavras sobre esse livro que agora está sendo levado a público. Desta vez o artista biografado é o nosso amigo comum José Tobias, dono daquela poderosa voz de registro baixo, poderosa, mas de timbre macio e harmonioso.

Neste livro, este extraordinário artista foi retratado por Lauro Gomes com tal competência e honestidade que nada mais poderia ser acrescentado. Congratulo-me com a publicação desse belo trabalho, há muito esperado, fazendo justiça a um excelente artista, surgido há algumas décadas na velha capital pernambucana, celeiro tradicional de grandes valores de MPB.

Sinto íntima satisfação em recomendar a leitura desse interessante depoimento e, quando possível, audição privilegiada do José Tobias, interpretando as melhores peças do cancioneiro nacional.

Petrópolis, 22 de março de 2004
Arthur Cavalcanti Gomes


Apresentação

A memória musical brasileira já era objeto de estudo de destacados e apaixonados estudiosos desde as primeiras décadas do século XX. São esses homens, jornalistas, cronistas, estudiosos, curiosos e intelectuais, que registraram com zelo passagens importantes da música popular brasileira: Vagalume, Jairo Severiano, Sérgio Cabral e, o mais produtivo de todos, o historiador José Ramos Tinhorão fizeram à sua maneira um mapeamento de nossa rica "fauna" de sons.

É nesse grupo que se encaixa nosso autor. De família de amantes da boa música, seresteiros pernambucanos, mas nascido em Campos do Rio de Janeiro, Lauro Gomes uniu sua veia musical com o tino apurado de historiador. A curiosidade intelectual pela história de vida de compositores e cantores, aguçando uma melhor compreensão do período sociocultural em que eles viveram, fez nosso pesquisador formar uma farta biblioteca e discografia que seriam logo aproveitadas em suas produções livrescas.

Clique para ampliar
Iniciou seus trabalhos pesquisando a vida de Jorge Farah, escreveu ensaios sobre música para inúmeros jornais, lançou um livro sobre o compositor Roberto Martins – autor de mais de 400 músicas, entre elas "Pedreiro Valdemar", com Wilson Batista e "Cai, cai", sucesso retumbante da época – e agora apresenta-nos essa biografia do cantor recifense José Tobias.

Lauro conheceu José Tobias em uma feira no nobre bairro de Icaraí, em Niterói, pelos idos de 1985. A amizade entre os "Nordestinos-papa-goiabas" logo virou uma realidade e José Tobias passou a frequentar o projeto Mesa de Botequim que Lauro mantém há décadas na AABB de Niterói e por onde passaram uma legião de músicos e compositores famosos: Herivelto Martins, Roberto Martins, Nássara, Mário Lago, Délcio Carvalho, Gilberto Alves, Monarco, grupo Época de Ouro, Carolina Cardoso de Meneses, Alcyr Pires Vermelho, Elton Medeiros, Lúcio Alves, que fez sua última apresentação pública no projeto. Ao todo foram mais de 2 mil apresentações em mais de 20 anos.

Admirado por nomes como o do presidente Juscelino Kubitscheck de Oliveira, apaixonado por seresta e que o seguia aonde fosse, o baixo cantante José Tobias manteve-se sempre fiel ao cancioneiro brasileiro. Daí o título deste livro. Por mais que recebesse convites para viagens ao exterior e gravações ao sabor do mercado, Tobias construiu aquele espírito que também era característica do conterrâneo compositor Capiba: gostava de ficar no seu "ninho", não tinha ganâncias e tão pouco abria mão de alguns princípios que construiu durante sua vida pública.

Clique para ampliar
Seu bel canto, de timbre raro em nossa música, é o fio condutor da narrativa que aborda sua vida nos anos 50 até 1980. É como se Lauro Gomes utilizasse as histórias de José Tobias como uma radiografia da música brasileira, passando pelos seus trabalhos no teatro de revista, no rádio, no cinema e na TV. Todo um mundo de cantores, radialistas, produtores, empresários, regentes e compositores, como Capiba, Dorival Caymmi, Luiz Gonzaga, Guerra Peixe, Catulo da Paixão Cearense e João Pernambuco, gravados por Tobias, emergem nessa "biografia" séria e consistente do jornalista e escritor Lauro Gomes de Araújo.

Algo me diz que há nesse oportuno trabalho de Lauro aquele sentimento de pertencimento que une em solo comum às histórias musicais dos nordestinos. Lauro sabe disso. Sabe que a trajetória sólida e ética de José Tobias é também um reconhecimento por muitos que ficaram na estrada, muitos que não foram em João Pernambuco. Ainda bem que foi assim. Agora temos em mãos a biografia do magnífico José Tobias, lançada por uma editora preocupada em preservar nossos patrimônios culturais. Deixemos o amigo leitor se deliciar com o texto. Mas não se esqueça; coloque também como fundo musical "Igarassu, cidade do passado" ou "Recife, cidade lendária" e mergulhe no universo pernambucano ao som de José Tobias cantando Capiba. Essa é uma porta de entrada privilegiada – para o canto desse brasileiríssimo Zé.

André Diniz, pesquisador da MPB




Ficha Técnica

Obra
José Tobias: Um canto brasileiro

Autor
Lauro Gomes de Araújo

Ano de Edição
2004

Número de páginas
ap.227

Editoria
Margareth da Luz

Revisão
Nadya Ferreira Jesus

Projeto Gráfico
Laboratório de Livre Criação

Capa
Bruno Leal Ventura

Diagramação
Mayra Vital

Digitalização de imagens
Marcelo Cosati


Ficha Institucional

Marcos Gomes
Secretário de Cultura

André Felipe Gagliano Alves
Subsecretário de Cultura

Marilda Ormy
Presidente da Fundação de Arte de Niterói

Maria Inês de Oliveira
Superintendente da Fundação de Arte de Niterói

Margareth da luz
Coordenadora da Niterói Livros






Tags José Tobias, Lauro Gomes de Araújo,




Em 1974, o INDC lançou "Notas para a História de Niterói" de Maia Forte
No Dia do Poeta, a Niterói Livros estreia nas redes sociais
ENCONTRO DE BIBLIOTECAS
Cinematographo em Nictheroy
Lançamento do livro "A_Ponte: Gestão Cultural"


aaaaaa

Mapa do Site

Cultura Niterói
 
Espaços Culturais
 
Programas
 
Outros
 
 
 
Portal Transparência
Contracheque Online
e-SIC
Comprovante de Rendimento
Consulta de Processos
 
Rua Pres. Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Tel: (21) 2719-9900 | E-mail niteroi.culturas@gmail.com