Secretaria de Cultura de Niterói / Fundação de Artes de Niterói
  CLÁUDIO INFANTE
 
 
Agenda
Cultura
Niterói

Baixe aqui nossa programação mensal completa
Cultura Niteri

Baterista e percussionista, Cláudio Infante Vieira nasceu no Rio de Janeiro, no dia 3 de dezembro de 1963. Seus primeiros passos na carreira musical foram dados por volta dos 7 anos, quando ele estudava no Colégio Rio de Janeiro (colégio onde concluiu o 2o Grau), em Ipanema. Já com 10 anos, Cláudio participava do Grupo Agora, formado por Zé Renato, Cláudio Nucci e ele. O grupo fazia turnês por escolas de Rio de Janeiro, São Paulo, América do Sul e EUA.

Ao longo de sua carreira, Cláudio teve aulas no Instituto Villa-Lobos de 1977 a 1978, aulas particulares com o baterista americano Bob Wyatt em 1983 e Workshops realizados em Nova York com os professores Tommy Campbel, Harvey Maison e John Riley, de 1988 a 1992 e também em 1996.

Fez inúmeros trabalhos em parceria com vários artistas, entre eles: William Magalhães, Sheila E., Cazuza, Heitor TP, Artur Maia, Léo Gandelman, Lulu Santos, Rita Lee, B. B. King, entre outros. De 1980 a 1983, participou como baterista e percussionista de grupos como Garage, formado por Artur Maia, Lulu Martin, Paulinho Soledade e Zé Luiz. Tocou com o Kid Abelha, de 1985 a 1988, participando da gravação do CD Kid Abelha ao vivo pela gravadora Warner em 1987, o que rendeu três discos de ouro; e das excursões internacionais do grupo.

De 1983 a 1997, participou da banda Pulsar, formada por Artur Maia e Heitor T. P. Acompanhou Ed Motta, de 1992 a 1994, junto com Paulinho Guitarra e Bombom. Em 1997 acompanhou Marisa Monte, juntamente com F. Caneca, Dadi, e Davi Moraes.

No exterior, apresentou-se em Nova Iorque com o Kid Abelha; em 1987; com Lé Gandelman; em 1997, além de ter participado do JVC Jazz Festival, no Institute of Art daquela cidade. Acompanhou Ed Motta em Paris, em 1993, e Déborah Blando em Miami, em 1997. Participou, também, do show de Reveillon para o rei do Marrocos, em Fez.

Sua vasta experiência em estúdio o levou a receber inúmeros convites para produzir discos de outros artistas e trilhar sonoras para os programas do canal de TV SportTV, como “Surf Adventures”, “4X4” e “Secret Sports”. Cláudio Infante foi citado entre os 100 bateristas de maior destaque no mundo pela revista norte americana Zildjian Time, em 2002.

Lançou os CDs “Tempo”, 2005, e “Infante”, 1996, cuja divulgação o levou a excursionar pelo Brasil e exterior. Também se apresentou na banda da cantora Rita Lee, enquanto integrava paralelamente o conjunto do trompetista Márcio Montarroyos, onde desenvolveu cursos de bateria e percussão.

Crítica
[...] "O Cláudio é um dos bateristas mais completos do Brasil. Porque é criativo, preciso e seguro. Fora isso, sempre tem uma visão da música como um todo. Ele consegue estruturar a música na cabeça antes de gravar e consegue botar isto na gravação. E o seu toque é preciso, não varia a pegada, o que é fundamental na gravação. Isto é devido a sua técnica. Apesar de tocar com click, toca com swingue". MAYRTON BAHIA – 1997.






Tags Cláudio Infante,




Emmanuel de Macedo Soares (1945-2017)
K. Lixto (1877-1957)
Memória: Dois niteroienses entre os Maiores Brasileiros Vivos em 1924
Manoel Benício (1861-1923)
Cláudio Valério Teixeira (1949 - 2021)


aaaaaa

Mapa do Site

Cultura Niterói
 
Espaços Culturais
 
Programas
 
Outros
 
 
 
Portal Transparência
Contracheque Online
e-SIC
Comprovante de Rendimento
Consulta de Processos
 
Rua Pres. Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Tel: (21) 2719-9900 | E-mail niteroi.culturas@gmail.com