Secretaria de Cultura de Niterói / Fundação de Artes de Niterói
  COMPANHIA DE BALLET DE NITERÓI APRESENTA "OGNAT"
 
 
Agenda
Cultura
Niterói

Baixe aqui nossa programação mensal completa
Cultura Niteri

Clique para ampliar
Após o sucesso da temporada de "Corda friccionada", em maio, no Teatro Municipal de Niterói, a Companhia de Ballet da Cidade de Niterói, reapresentará nos dias 3 e 4 de agosto, no mesmo palco, o espetáculo ognaT, criação e direção coreográfica de Clébio Oliveira, com músicas de Astor Piazzolla, Carlos Gardel e Juan Alba.

Um grande mosaico de impressões emocionais causadas pelo encontro da música pulsante de Piozzolla, o espetáculo de cinquenta minutos nos leva a uma viagem de pura magia e criatividade, que já começa pelo nome: ognaT, uma escrita de "tango" ao contrário.

O espetáculo foi concebido em 2011, como um tributo aos 90 anos do grande compositor Astor Piazzolla, ícone do gênero musical Tango, que naquele ano completava 90 anos. Depois uma uma bem sucedida temporada no Espaço SESC de Copacabana, no Rio de Janeiro, sempre com casas lotadas e excelente aceitação, o Ballet apresentou ognaT no Municipal de Niterói, em outubro de 2011.

ognaT

Youtube
Clique para assistir o vídeo
Segundo Clébio Oliveira, "o espetáculo foi concebido como um namoro. Dez dias. Vinte e um bailarinos. Um coreógrafo. ognaT. Nem sempre é fácil para um criador desenvolver um tema pré-estabelecido e num espaço tão curto de tempo. O caminho é tênue e perigoso... Eu, Clébio, acostumado a viajar nos meus devaneios e nas minhas idéias, me vejo desafiado a criar um trabalho com um tema especifico e músicas pré-estabelecidas. Mas desejo com desejo se torna realidade. Assim foi ognaT, um trabalho desenvolvido em apenas 10 dias, fiscalizado em um espetáculo de cinquenta minutos.

O balé ognaT é uma leitura antropofágica do tango dança antes do ritmo/dança se tornar o tango o qual nós conhecemos hoje em dia. O tango tantas vezes dançado, por vezes associado a clichês é visto e pensado nesse trabalho não como uma estética pertencente a uma linguagem especifica, mas sim, como uma metáfora daquilo que nos torna ser vivo. Carne, cheiro, fome, desejo, sabor, sexualidade, comportamento. Movimento. ognaT não é um trabalho apenas para ser visto, penso que seria um trabalho para ser comido, cheirado e tocado."

A Companhia fará uma apresentação aberta no Municipal, na sexta-feira, 2, na Abertura da III Conferência Municipal de Cultura. E no mesmo dia, na Sala Carlos Couto, anexo ao Teatro, será inaugurada a exposição "Companhia de Ballet da Cidade de Niterói", trazendo figurinos criados exclusivamente para os espetáculos da Companhia nestes 21 anos de existência.

Nova fase da Companhia

Clique para ampliar
Em 2013, a Companhia de Ballet de Niterói só tem motivos para comemorar, o apoio da administração municipal e a agenda repleta.

Em 2011, um mês após a estreia de ognaT no Teatro Municipal de Niterói, a Companhia chegou a ser extinta, decisão considerada represália aos bailarinos, que, na época, fizeram várias reivindicações por melhores salários. A decisão acabou sendo revogada. À frente desde novo ciclo da trupe está o ex-bailarino Pedro Pires, diretor artístico da companhia. Inicialmente contratado para dirigir três pequenos espetáculos no ano passado, ele assumiu interinamente o cargo em janeiro e soma ao grupo a experiência de 30 anos de dança em companhias renomadas e montagem de espetáculos.

A Companhia acaba de chegar de Nova Iorque, onde se apresentou em julho, no Teatro Alvin Ailey. Em Nova Iorque, a Companhia apresentou o espetáculo "Corda Friccionada", num grande evento de dança contemporânea, organizado pelo Arte Institute, para celebrar o Dia de Portugal, de Camões, e as Comunidades Portuguesas.

Os bailarinos niteroienses foram os representantes do Brasil no evento e os únicos a serem aplaudidos de pé, por um público exigente, formado por artistas, bailarinos e políticos. Na ocasião, os bailarinos receberam um convite para voltar a Nova Iorque no próximo ano para uma temporada no The Joyce Theater, referência para as companhias de dança contemporânea do mundo inteiro.

Para Pedro Pires, a apresentação internacional foi importante para consagrar de vez o trabalho do grupo. "Foi ótimo para confirmarmos a qualidade de nosso trabalho, tanto artística, quanto tecnicamente, o nível dos bailarinos foi bastante elogiado", ressaltou Pires.



Em setembro, a trupe fará uma turnê pelo interior do estado na unidades do Sesi, com o "Corda friccionada". Já em outubro, começa a montagem do balé "Romeu e Julieta", com estreia prevista para o mês seguinte, no Teatro Tom Jobim, no Jardim Botânico.

A companhia de balé fecha o ano promovendo o Primeiro Congresso de Dança de Niterói, em parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF). O evento será realizado 2 a 15 de dezembro, e terá aulas e ensaios abertos, debates, palestras e apresentação de espetáculos.


Serviço

Companhia de Ballet da Cidade de Niterói, com OgnaT
Data: Sábado e Domingo, 03 e 04 de agosto de 2013
Horário: Sábado às 20h e domingo às 19h
Duração: 60 minutos
Ingresso: R$ 20,00 (preço promocional de R$ 10,00 para residentes de Niterói, que apresentarem comprovante de residência no ato da compra. Desconto não cumulativo)
Classificação: 12 anos

Teatro Municipal de Niterói
Rua XV de Novembro 35, Centro
Tel: (21) 2620-1624


Ficha Técnica do Espetáculo

Criação e Direção Coreográfica - Clébio Oliveira
Direção Artística – Pedro Pires
Produção Executiva - Tenara Gabriela
Ensaiadoras – Fabiana Nunes e Heloisa Almeida
Intérpretes Criadores – Bailarinos da Companhia
Light Designer - Bruno Barreto
Figurino - Clébio Oliveira
Trilha Musical - Mariana Chew e Clébio Oliveira
Edição de Som - Clébio Oliveira
Assistente de Figurino e Estilo – Cecília Maculan Adum
Projeto gráfico e Operação de Luz: Marcos Arruzzo
Fotografia - Clayton Figueirêdo
Costureira - Angela Ortis
Coordenador de Palco - Luis Kerche
Operador de Áudio – Rogério Sodré
Contra-Regra- Gustavo Garcia
Camareira – Betty Lopes


Ficha Técnica da Companhia de Ballet

Administradora - Valkyria Gagliardi Behera
Secretária Executiva - Mônica Behera Vianna
Maitre - Rosângela Souza
Pianista - Tatiana Dumas
Médico - Carlos Henrique Bittencourt
Fisioterapeutas -Helton Freitas e Michele Costa
Auxiliares de Serviços Gerais - Francisco de Assis Balbi






Tags Companhia de Ballet da Cidade de Niterói,




Mona canta Dalva, nas redes do Theatro Municipal
Theatro Municipal apresenta: Carnaval ou uma Fantasia de Amor
A história do escravo "Baquaqua" é atração nas redes do Theatro Municipal
Festival "Pra Contrabaixo, Todo Santo Ajuda" é homenagem a Arthur Maia
"Frágil - A Peça", nas redes do Theatro Municipal de Niterói


aaaaaa

Mapa do Site

Cultura Niterói
 
Espaços Culturais
 
Programas
 
Outros
 
 
 
Portal Transparência
Contracheque Online
e-SIC
Comprovante de Rendimento
Consulta de Processos
 
Rua Pres. Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Tel: (21) 2719-9900 | E-mail niteroi.culturas@gmail.com