Secretaria de Cultura de Niterói / Fundação de Artes de Niterói
  MAC COMO OBRA DE ARTE
 
 
Agenda
Cultura
Niterói

Baixe aqui nossa programação mensal completa
Cultura Niteri

Nos dias 29 e 30 de junho, a partir das 9h, o Museu de Arte Contemporânea de Niterói vai virar uma grande obra de arte. Isso mesmo! Nestes dois dias, todos os espaços (dentro e fora) do MAC serão explorados, formando uma escultura social ocupada por performances, dança, música e poesia, ativando seus caminhos circulares como uma estrutura viva. O programa "MAC como Obra de Arte", ao mesmo tempo em que ocupa o intervalo entre exposições temporárias de pinturas ou esculturas, propõe abrir seus espaços para se tornar um campo de vivências compartilhadas de diferentes linguagens artísticas. O evento será realizado pela Prefeitura de Niterói, através da Secretaria Municipal de Cultura, da Fundação de Arte de Niterói, do MAC e da Associação de Amigos do Museu.

As experiências coletivas – formuladas a partir da confluência entre a beleza da paisagem e as formas espirais do museu – envolvem corpo, poesias, vídeo, projeções e criações. A programação proposta ativa a vida pública do local, a partir das premissas éticas de interações, sob uma perspectiva radical de educação social – campo de união entre formação de professores e alunos da rede municipal, pesquisas de poéticas e história da arte, além da ação ambiental na cidade, nas escolas e nas comunidades.



    MAC como Obra de Arte

    Em sua 3ª edição, o MAC como obra de arte propõe ocupar os espaços do museu como laboratório de práticas artísticas, pedagógicas e sociais, como uma estrutura viva que ativa a vida pública do museu a partir das premissas éticas de interações, sob uma perspectiva radical de educação social, abordado como campo de confluência entre formação de professores e alunos da rede municipal, pesquisas de poéticas e história da arte e ação ambiental na cidade, escolas e comunidades.

    O MAC como obra de arte pretende acolher diversas linguagens artísticas, explorando os múltiplos espaços do MAC com experiências coletivas envolvendo o corpo, poesias, vídeo projeções e criações formuladas a partir da confluência entre a beleza da paisagem e as formas espirais e circulares deste museu. Por que Museu? Por que coleção? É justamente neste fim de semana de celebrações e performances do MAC como obra de arte que estaremos também fazendo uma homenagem especial para as Coleções João Sattamini e MAC de Niterói.

    Duas atividades simbólicas e poéticas estarão sendo oferecidas ao público - Cada Olhar uma História e Onde as Obras Dormem. Assim, com a referência à coleção e à reserva técnica, a vida e missão do MAC é completa entre lugar de criação e memória.


    Luiz Guilherme Vergara
    Diretor do MAC de Niterói


Clique para ampliar


Objetivos, com informações de O Fluminense

O objetivo do projeto é criar um laboratório de linguagens artísticas. Segundo o diretor do MAC e professor Luiz Guilherme Vergara, é como se o museu se transformasse em uma escultura viva de linguagens artísticas.

"O MAC é um mirante, um sucesso turístico. A maioria dos visitantes vem por causa da paisagem. A ideia desse programa é transformar, ativar, celebrar esse estado do museu, que já é um sucesso pela sua arquitetura", afirma.

No evento, diversos convidados estarão presentes para enriquecer a carga artística do fim de semana no MAC, como a inclusão da Universidade Federal Fluminense (UFF), através da aproximação com vários mestrados, estudos da arte, e estudos contemporâneos.

"Teremos vários convidados como por exemplo a professora do Departamento de Artes da UFF, Tania Rivera, que participa da Mostra Cine Olho, onde apresenta um vídeo relativo ao último livro dela. Logo em seguida, teremos um debate sobre o que foi mostrado", analisa Vergara.

Aos visitantes vão ser oferecidas atividades promovidas pelos artistas, como caixas de surpresas, interagindo o visitante com o museu.

Duas atividades poéticas e simbólicas vão ser também oferecidas ao público. São elas: Cada Olhar uma História e Onde as obras dormem. Visitantes e suas famílias são convidadas a fazerem uma história, a partir da escolha de quatro obras do museu.

"O público vai desenhar a miniatura de uma obra e vai fazer uma história em quadrinhos com quatro escolhas. Depois vamos coletar e guardar para serem selecionadas para uma futura possível exposição a partir de cada olhar", analisa o diretor sobre a atividade Cada Olhar uma História.

"Esse projeto é um trabalho em que todas as equipes do MAC estão envolvidas. Não é só o que está exposto que faz parte do acervo, tem muito mais", completa Luiz Guilherme Vergara.






Tags ,




IPHAN anuncia conclusão do processo de tombamento do MAC
"Um Autorretrato Cubano" é a primeira exposição virtual do Mac Niterói
Yuli Yamagata abre exposição inteira feita especialmente para o MAC
Coleções afetivas: acervo de arte de uma cidade
História da Unidos do Viradouro é contada em exposição no MAC Niterói


aaaaaa

Mapa do Site

Cultura Niterói
 
Espaços Culturais
 
Programas
 
Outros
 
 
 
Portal Transparência
Contracheque Online
e-SIC
Comprovante de Rendimento
Consulta de Processos
 
Rua Pres. Pedreira, 98, Ingá - 24210-470, Niterói - RJ | Tel: (21) 2719-9900 | E-mail niteroi.culturas@gmail.com