Olhos leigos enxergam oceanos e rios somente como uma imensidão azul. Não é o caso do francês Jean-Claude Martinez, do alemão Sven Hoffmann e do niteroiense Mauricio Seidl.

Fotógrafos de primeiro escalão, cada um com sua singularidade, o trio inaugura nesta quinta-feira, 08 de março de 2007, às 19 horas, a mostra fotográfica Outre-Mer, no Solar do Jambeiro. Com apoio do Centro de Cultura França-Alemanha e da Secretaria Municipal de Cultura/Fundação de Arte de Niterói, a exposição apresenta 60 imagens que têm como tema principal a água.

Os fotógrafos parecem tão universais quanto os mares, foco da exposição. Viajantes assumidos, Martinez, Hoffmann e Seidl percorreram o mundo atrás de cliques que demonstrassem o homem e sua interação com o meio ambiente. No caso do francês Jean-Claude Martinez, a ideia foi reunir imagens do mundo latino. Como resultado, em sua coleção há fotos publicadas na obra "Latins, terra marique" (Sur terre et sur mer), em 2006.

Imagem de Mauricio Seidl que integra a mostra "Outre-Mer"
"Nesse livro, há imagens desde a Romênia até a Patagônia. Mas meu foco foi o mundo latino. Tanto as águas como os personagens deste espaço. Afinal, acredite que é no mundo latino que estão nossas raízes. São 115 imagens, das quais escolhi algumas para estarem na exposição Outre-Mer. Inclusive há fotos tiradas em Niterói. Fotografei imagens que estão na linha da verdade, e que não falam apenas do exótico do mundo latino, que, para mim, é um espaço que transcende as diferenças de língua e história. Sou um latino", ressalta o fotógrafo francês.

A grandiosidade do Rio São Francisco inspirou o niteroiense Mauricio Seidl. As fotografias em exposição compõem o livro Velho Chico Mineiro. Mais do que um registro de imagens, a obra assume tom documental, e é resultado da experiência de 30 dias na estrada. Segundo Seidl, a viagem começou em Belo Horizonte, e seguiu para Pirapora até a nascente do rio, na Serra da Canastra.

"Fiz essa viagem em 2002. Minha intenção era escrever um diário para documentar o humano e o cultural do rio. A primeira etapa foi feita em Minas Gerais. No trecho mineiro, não navegável, tivemos que abandonar o rio e fazer a documentação por terra. O que rendeu boas fotos, retratando personagens do folclore mineiro", completa o fotógrafo niteroiense.

Já o alemão Sven Hoffmann, trouxe para o Solar do Jambeiro uma coleção de fotografias das águas da Finlândia, México, Califórnia, Grécia, Alemanha, Tailândia, Egito e Áustria. Seu êxito e originalidade estão nos ângulos escolhidos.

"Tirei fotos de dentro e de fora da água. Essas imagens contemplam uma visão plástica da fotografia. Sei o quanto o tema água é um assunto político. E talvez uma exposição desse porte possa evocar alguma preocupação no público", completa o fotógrafo alemão, acrescentando que está à frente do projeto Aqua Globalis, cujas obras são telas enormes, que lhe renderam, inclusive, um encontro com autoridades de Berlim.

Desafios

Para Rafael Vicente, curador parcial de Outre-Mer e diretor do Solar do Jambeiro, a reunião dos fotógrafos é um desafio. "Cada um tem um olhar diferente e essa pluralidade que dificulta. Tive que me preocupar com os artistas - para não priorizar ninguém -, com o público e com as obras. E preciso fazer essas obras dialogarem com o Solar, que, por si só, já é uma obra de arte. É um desafio reunir olhares distintos em única exposição", argumenta Rafael Vicente.

A exposição coincide, não por acaso, com o Dia Internacional das Águas, em 22 de março.

De Marina Neves para O Fluminense


SERVIÇO

Exposição "Outre-Mer", de Jean-Claude Martinez, Sven Hoffmann e Mauricio Seidl
Data: De 08 de março a 22 de abril de 2007
Horários: terça-feira a domingo, das 13h às 18h
Ingressos: R$ 3,00
Classificação indicativa: livre


Local: Solar do Jambeiro
End: R. Pres. Domiciano, 195 - São Domingos, Niterói





Publicado em 10/05/2021
Solar do Jambeiro apresenta 9° ciclo de leituras dramatizadas Quinta, 30 de junho
"Brinque Lendo" acontece no jardim do Solar do Jambeiro Sábado, 02 de Julho
Solar do Jambeiro recebe um "Piquenique Literário" Domingo, 03 de Julho