O Solar do Jambeiro inaugura nesta quinta-feira, 29 de novembro de 2007, às 19h, a exposição Os naturalistas: descobrindo o Brasil no século XIX. A mostra pretende resgatar e refletir momentos importantes da história brasileira e do Estado do Rio de Janeiro, através de joias confeccionadas em prata por nove artesãos e designers.

A diversidade e as belezas representadas pelos estudiosos estrangeiros são referências na criação das peças expostas no Solar, um belo espaço que exemplifica a história da cultura material brasileira dos século XIX.

Para produzir as peças que fazem parte da exposição, os artesãos se inspiraram na flora, na fauna, na geografia e no povo brasileiro. Com a curadoria de Irina Aragão, a mostra apresenta trabalhos do grupo Teor 950, que é formado por Aderval Cobal, Hans Stahr, Heloísa Ferreira, Leonardo de Aguiar, Luiza Bomeny, Paulino, Renata Birman e Tissa Berwanger. A diversidade e as belezas representadas pelos estudiosos estrangeiros são referências na criação das peças expostas no Solar, que podem ser vistas até o dia 20 de janeiro de 2008.

"A ideia é fazer uma releitura de fatos históricos pesquisados no Arquivo Nacional, para a produção de joias contemporâneas", afirma a curadora que é professora da PCU-RJ.


SERVIÇO

Exposição "Os naturalistas: descobrindo o Brasil no século XIX", do grupo Teor 950
Data: 29 de novembro de 2007 a 20 de janeiro de 2008
Horários: terça-feira a domingo, das 13h às 18h
Ingressos: R$ 3,00
Classificação indicativa: livre


Local: Solar do Jambeiro
End: R. Pres. Domiciano, 195 - São Domingos, Niterói
Tel: 2109-2222





Publicado em 11/05/2021
Geopolítica contemporânea é tema de palestra no Solar do Jambeiro Terça, 28 de Junho
Solar do Jambeiro apresenta 9° ciclo de leituras dramatizadas Quinta, 30 de junho