O Centro Cultural Paschoal Carlos Magno recebe o artista Pierre Crapez para apresentar sua exposição XAMÃ até o dia 29 de maio de 2011. Através de pinturas a exposição quer sensibilizar sobre a importância de um diálogo entre a atualidade e a cultura ancestral, guardião de uma eco-sabedoria.

Para os índios a “terra-floresta” não é um mero espaço inerte de exploração econômica. É uma entidade viva, inserida numa complexa dinâmica cosmológica de intercâmbios entre humanos e não-humanos. As pinturas nasceram de devaneios ouvindo cantos sagrados indígenas, criando assim uma filiação poética com um Ethos aonde homem, natureza e a cultura se harmonizam.

"A terra-floresta só pode morrer se for destruída pelos brancos. Então, os riachos sumirão, a terra ficará friável, as árvores secarão e as pedras das montanhas racharão com o calor. Os espíritos xapiripë, que moram nas serras e ficam brincando na floresta, acabarão fugindo. Seus pais, os xamãs, não poderão mais chamá-los para nos proteger.” Davi Kopenawa - xamã Yanomami


SERVIÇO

Exposição XAMÃ
Pierre Crapez
Período de visitação: 05 a 29 de maio de 2011
segunda-feira, 13h às 17h; terça a sexta-feira, 10h às 17h; sábados, domingos e feriados, 10h às 15h
Encontro com artista: 29 de maio, domingo, às 10h

Local: Centro Cultural Paschoal Carlos Magno
Galeria Quirino Campofiorito
Endereço: Rua Lopes Trovão, s/nº, Icaraí
2610-5748


Tags:






Publicado em 29/05/2021

Exposição Ponte Rio-Niterói: 50 Anos Conectando Histórias De 23 de junho a 30 de junho de 2024
Apresentação da Chamada Pública do CCPCM ENCERRADA
Mostra movimenta o Paschoal De 18 e 23 de agosto de 1998
Niterói de Ontem e de Hoje em mostra fotográfica no CCPCM Leia mais ...
Telas de Milton Eulálio, em exposição no CCPCM Leia mais ...
CCPCM abre exposição coletiva 'Gravadores e Escultores' Leia mais ...
Thereza Brunet expõe geometria e esoterismo no CCPCM Leia mais ...
No Paschoal, as flores que inspiram Tay Bunheirão Leia mais ...
Encontro com Tay no Paschoal desmistifica criação Leia mais ...