Sucesso de público no Brasil, 'O Porteiro' chega à Sala Nelson

Diante do não comparecimento do síndico a uma reunião de condomínio onde Waldisney trabalha, o porteiro, vivido por Alexandre Lino, assume o controle da situação em que o público são os moradores.

Sexta-feira, 21 de junho

Daniel Del Sarto leva os Anos 80 para a Sala Nelson

Um mergulho em uma época reconhecida até hoje como fundamental referência na música atual se transforma em peça e faz sucesso viajando o país.

Sábado e Domingo, 22 e 23 de junho

Musical infantil sobre os anos 80 entra em cartaz na Sala Nelson

E se as crianças de hoje pudessem viver com os pais toda a alegria e a essência dos anos 1980? Chegou a hora de pais e filhos se divertirem juntos.

Sábado e Domingo, 22 e 23 de junho

Duca Pantaleão leva seu humor para a Sala Nelson

'Dois de mim' é uma peça onde o artista mostra o seu lado na comédia e também a sua verdadeira história como dependente químico.

Quinta-feira, 27 de junho

Rodrigo Marques leva seu humor reflexivo para a Sala Nelson

O espetáculo reflete sobre os instintos mais básicos do ser humano e aborda, com bom humor, a perspectiva da sociedade sobre eles.

Sexta-feira, 28 de junho

"O Homem Mais Inteligente da História" chega a Niterói

A obra conta a trajetória do cientista Marco Polo, especialista no funcionamento da mente, quando ele é desafiado pela ONU a estudar a inteligência de Jesus.

Sexta-feira, 05 de julho

Memória: Adriana Calcanhotto inaugura Sala Nelson Pereira dos Santos

A cantora não escondeu sua emoção em abrir a Sala Nelson Pereira dos Santos. "Estou muito feliz por ter sido convidada para a noite de estreia desse espaço. É uma responsabilidade muito grande".

ENCERRADA

Memória: Sala Nelson recebe Paulinho Moska e os Violões Fênix

O show, apresentado por Paulinho Moska, é o resultado de uma grande tentativa de ressignificar os escombros do Museu Nacional, instituição cuja sede foi dizimada em um incêndio em 2018.

ENCERRADA

Memória: Emicida apresenta AmarElo na Sala Nelson Pereira dos Santos

Para um mundo em decomposição, Emicida optou por escrever como quem manda cartas de amor.

ENCERRADA

A Sala Nelson Pereira dos Santos

História, equipe e detalhes técnicos da Sala Nelson Pereira dos Santos