Clique para ampliar
O Centro Cultural Paschoal Carlos Magno convida para a Abertura da exposição "Mundo Sutil", do artista niteroiense Gustavo Duarte, que se realizará nesta quinta-feira, 5 de setembro de 2013, às 19h. O período de visitação se estenderá até o domingo, 29 de setembro, quando acontecerá, às 10h, o tradicional encontro com o artista.

A exposição, por Fabiana Moraes

Enriquecidas pelas leituras de textos de Carl Jung acerca do simbolismo relacionado aos sonhos e ao inconsciente, as pesquisas de Gustavo Duarte não poderiam limitar-se a um único suporte – artes gráficas, pintura, vídeo (aliado à experimentação sonora).

As investigações plásticas desenvolvidas pelos construtivistas russos, a geração Beat, são referências para o artista. Complementares, as telas em que Gustavo combina cores fortes e imagens, referenciadas nas imagens em silk da Pop Art, servem de base para estudo sobre o cérebro e de soluções decorrentes de suas distorções (morfológicas, simbólicas, iconográficas).

O cérebro, este mundo composto pela complexidade microscópica, pela sutileza das ligações que fazem dele o centro do corpo e de suas ações, é aqui evidenciado e confrontado com aquilo que nele interfere e marca a contemporaneidade: a informação, seus condicionamentos e o efeito de seu excesso, o ruído.

Essa condição contemporânea -“somos seres determinados pela sociedade da informação”- é evidenciada pelo artista, de maneira sutil, quando ele nos propõe um ambiente audiovisual, que remete à condição de nossos corpos e de nossa subjetividade, diante de uma imposição sociocultural já assimilada. Se somos frutos da sociedade de massas e da tecnologia da informação, restaria a nós mesmos encontrarmos a solução para viver livremente, longe de moldes e de conformidades.

Seria a arte e a possibilidade de intervir pelo gesto artístico uma forma de escapar das amarras do sistema informacional, redutor, modelador, condicionante?

O mundo sutil, proposto por Gustavo, passa a ser, assim convite para uma experiência sensorial plena, densa, que se abre, se desvela, à medida que percorremos a instalação. Esse mundo sutil, que nos habita e que se revela na arte, talvez seja um passo fundamental para liberdade.


O Artista

Gustavo Duarte nasceu em Niterói, em 1970. Graduado em comunicação visual pela Faculdade da Cidade, no Rio de Janeiro e com licenciatura em artes pela Universo. Estudou arte contemporânea com o prof. Ricardo Maurício, estética da comunicação e história da arte ministrado por Fernando Cocchiarale na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, arte contemporânea ministrado por Nelson Felix, técnicas de impressão na Parson school of Design em Nova York e estética industrial do séc. XX na ESDI no Rio de Janeiro.

É sócio da produtora de cinema e design Plus Ultra. Participa desde 1997 de exposições e mostras de vídeo no Brasil e no exterior. Seus últimos trabalhos foram apresentados na exposição individual PVC, no Museu de Arte de Ribeirão Preto e no MAC com um live session em video.


Serviço

Gustavo Duarte em 'Mundo Sutil"
Abertura: 5 de setembro, quinta-feira, 19h
Período de visitação: 6/9/2013 a 29/9/2013
Segunda a sexta-feira das 10h às 17h
Sábados, domingos e feriados das 10h às 15h
Encontro com o artista: 29 de setembro de 2013, domingo, às 10h

Tags:






Publicado em 03/09/2013

Exposição Ponte Rio-Niterói: 50 Anos Conectando Histórias De 23 de junho a 30 de junho de 2024
Apresentação da Chamada Pública do CCPCM ENCERRADA
Mostra movimenta o Paschoal De 18 e 23 de agosto de 1998
Niterói de Ontem e de Hoje em mostra fotográfica no CCPCM Leia mais ...
Telas de Milton Eulálio, em exposição no CCPCM Leia mais ...
CCPCM abre exposição coletiva 'Gravadores e Escultores' Leia mais ...
Thereza Brunet expõe geometria e esoterismo no CCPCM Leia mais ...
No Paschoal, as flores que inspiram Tay Bunheirão Leia mais ...
Encontro com Tay no Paschoal desmistifica criação Leia mais ...