Banda de trash metal The Bridge convida Tellus Terror, Swithback, Far Beyond Empire e Repressor

Como forma de comemorar em grande estilo os dois anos de vida, a banda de trash metal The Bridge resolveu organizar a 1ª edição do The Bridge Fest, que acontece no sábado (11), na Sala Nelson Pereira dos Santos, em Niterói. Para agitar essa noite com muita música pesada estão confirmadas as bandas Tellus Terror, Switchback, Far Beyond Empire e Repressor. O evento faz parte do festival ‘Pras Bandas de Cá’, realizado pela Secretaria Municipal das Culturas (SMC) e Fundação de Arte de Niterói (FAN).

Segundo os organizadores do The Bridge Fest, o anúncio do festival veio como forma não só de comemorar os dois anos de trabalho, mas também como uma oportunidade para que as bandas possam retornar aos palcos depois desse período de pandemia. Com dois anos no mercado, a The Bridge reúne assessoria de imprensa, serviços de marketing e booking para bandas que desejam ser reconhecidas no mercado e crescer de maneira sustentável.

O festival ‘Pras Bandas de Cá’ chega a sua 4º edição mantendo o destaque para os artistas de Niterói. O espaço multicultural vai se tornar palco de apresentações diárias com 100% da renda revertida para os artistas, que farão seus shows até o fim do mês.


SOBRE OS ARTISTAS:

REPRESSOR

Originalmente fundada em 2006, a Repressor renasceu em 2015 com uma nova formação, mas com o mesmo ideal de abraçar ritmos e melodias genuinamente brasileiros – como o baião e o forró – juntamente com o peso e a velocidade do thrash/groove metal. Com a proposta de realizar uma profunda reflexão sobre a dura realidade social do Brasil e também pensar possíveis caminhos para o nosso futuro, a Repressor lançou o álbum “Monguitê”, quinto da carreira. O novo disco do quarteto de thrash/groove metal de Niterói (RJ) tem produção e mixagem próprias. A Repressor é formada por Guilherme Marchi (Guitarra e Vocal), Gabriel Russel (Bateria), Gabriel Belão (Baixo) e Caio Kattenbach (Guitarra).

SWITCHBACK

A banda de crossover SwitchbacK, de Niterói, apresenta um som nervoso e conciso, com pitadas de punk e thrash, escorado no tripé agressividade, riffs marcantes e atitude hardcore nas letras. Depois de terem encerrado o ciclo de divulgação do EP de estréia “Sobrevivendo ao Caos” (2019), que obteve excelentes críticas da mídia e reconhecimento de público, o quarteto formado por Vinny Blanc (vocal), Fabio Lannes (guitarra), Luciano Munhoz (baixo) e Mauro Lopes (bateria) registrou, no Tellus Studio, as quatro músicas de seu segundo EP, “Batendo de Frente” (2021).

FAR BEYOND EMPIRE

A banda Far Beyond Empire é uma das maiores revelações do modern e death metal do estado do Rio de Janeiro. Em 2021, lançou seu aguardado álbum de estréia “Sleepwalking Society”, com muitos riffs pesados e letras repletas de críticas políticas e sociais. O grupo é formado por Hugo Purcino (vocal), Raul Fontanelle (bateria), Marcelo Fishy (guitarra) e André Lemos (baixo). Ao longo das 10 composições brutais, estão sucessos instantâneos como “Who Watches The Watcher”, “Scarecrow”, “Capital” e “Finding Sins”, música que conta com um clipe dirigido por Felipe Borges, que mostra a banda em ação enquanto a bailarina Tatiana Lima apresenta uma dança que dialoga com a mensagem por trás da letra cantada por Hugo Purcino.

TELLUS TERROR

A banda Tellus Terror foi fundada em 2012, pelo vocalista Felipe Borges, com a ideia de escrever letras sobre temas e conceitos que passeiam em suas formas reais e extremas, que sejam iguais e relativos a qualquer pessoa do planeta, independente de classe, religião, opção sexual etc. Atualmente, a banda já está com um novo material gravado e novamente será um álbum cronológico e conceitual, que será lançado até o início de 2023. Durante o ano de 2022, o grupo espera lançar três singles e clipes. O tema desse novo álbum será voltado em como o amor age dentro de nós desde o momento em que somos um feto dentro do ventre de nossas mães, apenas recebendo seu calor e ouvindo suas vibrações vocais, até o momento próximo do fim de nossas vidas, junto a dor e sofrimento de perder alguém, e ver que suas mãos estão tão velhas, e que praticamente não há tempo para reescrever uma história de vida ao lado de alguém, ao longo das décadas. O grupo tem na formação Felipe Borges (vocal), Wederson Félix (guitarra), Leandro Pinheiro (guitarra), Marcelo Val (baixo), Ramon Montenegro (teclado) e Rafael Lobato (bateria).


Serviço

'The Bridge Fest', no festival 'Pras Bandas de Lá'
Data: Sábado, 11 de Junho de 2022
Horário: 18h
Duração: 120 min
Ingresso: R$ 60 Inteira, R$30 Meia ou R$ 30 - Ingresso Promocional (+1kg de alimento não perecível)
Link das vendas: https://site.bileto.sympla.com.br/salanelsonpereira/
Classificação Indicativa: 12 anos

Local: Sala Nelson Pereira dos Santos
End: Av. Visconde do Rio Branco, 880 – São Domingos – Niterói








Publicado em 08/06/2022

Junior Chicó leva seu StandUp Comedy à Sala Nelson Sexta-feira, 19 de abril
Sala Nelson recebe homenagem a "Rita & Raul" Sábado, 20 de abril
Débora Ondina faz tributo às damas negras do jazz e da bossa nova Quinta-feira, 25 de abril
Yuri Corbal lanla CD na Sala Nelson Sexta-feira, 26 de abril
O infantil Gato de Botas é atração no mês de abril Sábado e Domingo, 27 e 28 de abril
"Eu odeio Cássia Eller" é destaque na Sala Nelson Sábado e Domingo, 27 e 28 de abril
"O Homem Mais Inteligente da História" chega a Niterói Sexta-feira, 05 de julho
Memória: Adriana Calcanhotto inaugura Sala Nelson Pereira dos Santos ENCERRADA
Memória: Sala Nelson recebe Paulinho Moska e os Violões Fênix ENCERRADA