Atriz apresenta espetáculo com direção de Amir Haddad no ano em que comemora seis décadas e meia dedicadas à arte da atuação

A leve e divertida comédia "Ninguém Dirá Que é Tarde Demais", protagonizada por Arlete Salles e que tem como pano de fundo a Pandemia de Covid-19, chega para curta temporada na Sala Nelson Pereira dos Santos, dias 7, 8, 9, 14, 15 e 16 de julho - de sexta a domingo.

A celebrada atriz Arlete Salles retorna aos palcos para comemorar seus 65 anos de carreira. O texto original é de autoria de Pedro Medina, neto de Arlete, com quem a atriz contracena no espetáculo. Além de Pedro, Alexandre Barbalho, filho da atriz, e o amigo Edwin Luisi também estão no elenco. A direção tem a assinatura de Amir Haddad, outro grande parceiro e amigo de Arlete desde a peça ‘Felisberto e o Café’, com quem trabalhou 35 anos atrás.

"Estou navegando em sentimentos diversos e emoções fortes. Sinto muita felicidade e admiração em ver o meu neto se aproximando dessa profissão, crescendo de forma potente. Estamos aqui ousadamente, indo juntos para o palco. Não apresentaria meu neto como dramaturgo, se não tivesse confiança no talento dele", conta Arlete.

"Gosto de fazer um teatro esclarecedor. O teatro tem a função de iluminar as pessoas. E digo para todos: ninguém dirá que é tarde demais para coisa alguma. Sempre é o momento de colocar em prática o desejo", elucida, aos 84 anos, um dos diretores mais premiados e mais presentes na cena brasileira, Amir Haddad. O título da comédia ‘Ninguém Dirá Que é Tarde Demais’, foi inspirado na canção o Último Romance, da banda Los Hermanos.

O texto de Pedro Medina conta a história dos vizinhos Luiza (Arlete Salles) e de Felipe (Edwin Luisi). Em razão da pandemia de Covid-19, Luiza recebe o neto Márcio (Pedro Medina), em sua casa. Paralelo a isso, Felipe, em função de problemas financeiros, vai morar com o filho Mauro (Alexandre Barbalho).

O ator e músico Lucio Mauro Filho, que é enteado de Arlete, irmão de Alexandre e tio de Pedro, assina a direção musical junto com Máximo Cutrim. Completam a ficha criativa José Dias no cenário, Aurélio de Simoni na luz e Carol Lobato nos figurinos.

Ficha técnica

Texto: Pedro Medina
Diretor artístico: Amir Haddad
Diretor musical: Lúcio Mauro Filho e Máximo Cutrim
Elenco: Arlete Salles, Edwin Luisi, Alexandre Barbalho e Pedro Medina


Serviço

'Ninguém Dirá que é Tarde Demais', com Arlete Salles e Edwin Luisi
Datas: 7, 8, 9, 14, 15 e 16 de julho de 2023
Horários: Sexta e sábado, às 20h30, e domingo, às 19:30h
Duração: 100 min
Classificação etária: 14 anos
Ingressos: R$ 100,00 inteira | R$ 50,00 (meia entrada)
Vendas: Adquira os ingressos no Sympla
Bilheteria da Sala Nelson - 3ª e 4ª - 13h às 19h | 5ª a domingo - 13h às 20h

Local: Sala Nelson Pereira dos Santos
Endereço: Av. Visconde do Rio Branco, 880. São Domingos, Niterói


Tags:






Publicado em 28/06/2023

Junior Chicó leva seu StandUp Comedy à Sala Nelson Sexta-feira, 19 de abril
Sala Nelson recebe homenagem a "Rita & Raul" Sábado, 20 de abril
Débora Ondina faz tributo às damas negras do jazz e da bossa nova Quinta-feira, 25 de abril
Yuri Corbal lanla CD na Sala Nelson Sexta-feira, 26 de abril
O infantil Gato de Botas é atração no mês de abril Sábado e Domingo, 27 e 28 de abril
"Eu odeio Cássia Eller" é destaque na Sala Nelson Sábado e Domingo, 27 e 28 de abril
"O Homem Mais Inteligente da História" chega a Niterói Sexta-feira, 05 de julho
Memória: Adriana Calcanhotto inaugura Sala Nelson Pereira dos Santos ENCERRADA
Memória: Sala Nelson recebe Paulinho Moska e os Violões Fênix ENCERRADA