Carlos Otávio Fracho é um ator, produtor e diretor teatral, autor e dublador nascido no Rio de Janeiro em 11 de outubro, passando posteriormente a residir em Niterói (RJ). Fundou a Coof Cia Teatral em abril de 1989, onde exerceu cargo de diretor durante as décadas seguintes. Em 2013, pela Fundação de Arte de Niterói (FAN), começou a trabalhar como assessor sócio-executivo no Teatro Popular Oscar Niemeyer, além de ter feito parte do Conselho Municipal de Cultura de Niterói e, como vice-presidente, da Associação dos Trabalhadores em Artes Cênicas (ATACEN).

Pela Coof Cia Teatral dirigiu diversos espetáculos voltados tanto para o público infantil ("A Gata Borralheira", "Festival da Canção na Floresta", "A Princesa e a Ervilha", "O Grande Caçador - Uma Lenda Africana", "O Tesouro da Bruxa", "O Menino e a Pedra Mágica", "Lico e Leco, os Coelhos Peraltas", entre outros) quanto para o público adulto ("Pânico nos Bastidores", "Quem Casa Quer Casa", "Othello, o Mouro de Veneza", entre outros).

Participou com a Coof Cia Teatral do "Encuentro de Teatro Infantil y Juvenil de los Países del MercoSur", realizado pelo Centro Cultural Correntino (Corrientes, Argentina) nos anos de 1995 e 1996, ganhando neste último diversos prêmios - incluindo Melhor Ator, Melhor Caracterização e Música Original - pelo espetáculo "A Gata Borralheira".







Publicado em 0000-00-00
Museu Antônio Parreiras