Cantor e compositor, Chico Alves nasceu em Vitória, Espírito Santo, em 25 de maio de 1968, vindo posteriormente a morar em Niterói. Possui 20 anos de carreira no mundo do Samba e suas vertentes, tendo já integrado os grupos Unha de Gato e Sambalangandã e contando com músicas gravadas por nomes como Leila Pinheiro, Guinga, Aurea Martins, Toninho Geraes, Simone Lial, Quarteto em Cy e outros.

O cantor já se apresentou em praticamente todas as casas de samba do Rio de Janeiro, incluindo Rio Scenarium, Carioca da Gema, Trapiche Gamboa e Semente, além de ser um dos grandes incentivadores dos movimentos de Samba na Rua, apresentando-se no Restaurante e Livraria Al Farabi, Livraria Folha Seca, Samba da Rua do Ouvidor e Samba do Castelo. Como integrante do grupo Unha de Gato, excursionou pela Europa, também realizando shows em Vitória, Belo Horizonte, São Paulo, entre outros.

Lançou, em 2017, seu primeiro trabalho solo e autoral, o CD "Pra Yayá Rodar a Saia", de forma independente, com recursos próprios e através da plataforma de financiamento coletivo “Benfeitoria”. O álbum foi composto por 13 músicas, incluindo faixas já gravadas por grandes nomes da Música Popular Brasileira assim como novas parcerias com artistas como Moyséis Marques, Toninho Nascimento, Ivor Lancelloti, Zorba Devagar e Marco Pinheiro.

O disco foi produzido pelos jovens músicos e produtores Fernando Brandão, Felipe Tauil e Daniel Karin, que dividiram os arranjos com o grande musico Rogério Souza, integrante do Grupo Nó em Pingo D'Água, e contou com a participação de grandes músicos instrumentistas, como Carlinhos 7 Cordas, Marcio Hulk, Dirceu Leite, Dudu Oliveira, Sidão Santo , Eron Lima, dentre outros. O álbum foi gravado no Estúdio Reserva entre os meses de setembro e novembro de 2016.






Publicado em 0000-00-00
Museu Antônio Parreiras