A Sala Nelson Pereira dos Santos recebe nesta sexta-feira, 07 de fevereiro, às 20h, o espetáculo "Ô Danada" com Elisa Lucinda e Marcus Lima. No espetáculo, os protagonistas são trovadores modernos em uma versão bem brasileira, evidenciando a figura do homem e da mulher com os defeitos e qualidades, que nos fazem pensar na nossa forma de expressar as emoções uns com os outros. Eles fazem o público viajar nas histórias, causos e crônicas das letras das músicas e poesias.

Em 2006 a dupla resolveu celebrar o encontro em um espetáculo cênico-musical com poesias e músicas compostas pelos dois, além de clássicos de compositores que sempre tiveram uma forma bem brasileira de abordar o amor. E resolveram batizá-lo com o nome da primeira parceria dos dois: o buliçoso samba "Ô Danada".

Elisa Lucinda, cantora, atriz, poeta e escritora e Marcus Lima, violonista, compositor e cantor da nova safra já há alguns anos fazem parcerias musicais. O poema dela é música para ele. Assim também as músicas dele tomam palavras na criação da poeta. Elisa e Marcus serão acompanhados por uma banda formada por Fernando Merlino (teclado), Carlito Gepe (baixo) e Reginaldo Vargas (percussão).

Os artistas falam sobre as várias formas de amar e ser amado, às vezes com pitadas de humor, às vezes apaixonado, às vezes irônico, e outras, dramático. A peça tem a intenção de fazer chorar, rir, brincar, se apaixonar, se indignar, enfim, despertar emoções. Somado a essa abordagem, ainda há o toque de brasilidade que aparece nas letras de artistas como Chico Buarque (Sem Açúcar) e Gilberto Gil (A linha e o linho).

Eles fazem o ouvinte viajar nas histórias, causos e crônicas das letras das músicas e poesias e abordam as várias formas de amar e ser amado, às vezes com pitadas de humor, às vezes com paixão, às vezes ironia, às vezes drama, mas sempre com a intenção de fazer chorar, rir, brincar, se apaixonar, se indignar, enfim, despertar emoções.

Mas o mais importante a se ressaltar aqui é a inovação do formato usado de unir a poesia e a música num só espetáculo de uma forma descontraída, onde são apresentadas poesias que inspiraram canções, canções que se contrapõem como resposta à poesias, etc... fazendo com que o mesmo tenha um fio condutor que permeia o amor, paixão, carinho, desdém, ódio e os demais sentimentos entre os seres humanos.

Elisa Lucinda

Capixaba, Elisa Lucinda é uma artista completa. Escreve, interpreta, declama e canta. Descobriu e apaixonou-se pela poesia em tenra idade no. Aos onze anos de idade, ingressa no Curso de Interpretação Teatral da Poesia, ministrado pela professora Maria Filina Salles Sá de Miranda, quando começa a declamar poesias. Ainda no Espírito Santo, formou-se em Jornalismo no ano de 1982 e, a partir de então, iniciou sua carreira teatral. Em 1986, vem morar no Rio de Janeiro com o filho Juliano, disposta a seguir a carreira de atriz. Ingressa no Curso de Interpretação Teatral da Casa de Artes de Laranjeiras (CAL).

Sempre atuando em teatro, cinema e televisão, publicou seu primeiro livro de poesia "O Semelhante", em 1994. Este foi um passo para que a peça de mesmo nome, onde ela dizia seus versos e conversava com a platéia, permanecesse em cartaz durante seis anos, no Brasil e no exterior. Além de escritora, Elisa Lucinda é professora universitária, atriz de teatro, televisão e cinema, mas é sem sombra de dúvidas o "dizer" poesia que mais a encanta e onde ela tem tido maior notoriedade.


Marcus Lima

Carioca, cantor e compositor, Marcus Lima tem uma trajetória profissional intensa, com participações em grandes festivais. Ao longo de sua carreira, lançou três CDs, o primeiro, Batismo do Mar, em 1997, e Quem Canta em 2004, sendo, inclusive, indicado em três categorias para o Prêmio TIM de Música em 2005. No final de 2008, o cantor e compositor lançou seu terceiro CD, Marcus Lima, com canções na sua maioria sambas de sua autoria e em parceria com Márcio Proença, Paulinho Tapajós e Elisa Lucinda.

Em 2013, Marcus Lima lançou 'Plano B', um EP com apenas cinco músicas, sendo quatro inéditas, com a primorosa produção de Arthur Maia e João Carlos Carino.

A convite do coordenador do Projeto Aprendiz em Niterói, João Carlos Carino, Marcus Lima percorreu, durante os meses de junho e julho de 2013, o circuito das escolas municipais de Niterói, fazendo pocket shows direcionados aos alunos da rede pública de ensino, com o objetivo de estimular e incentivar a prática musical nas escolas.


SERVIÇO

Elisa Lucinda e Marcus Lima em "Ô Danada"
Data: Sexta-feira, 07 de fevereiro
Horário: 20h
Classificação Indicativa: 10 anos
Ingressos: R$ 20,00 (inteira)

Local: Sala Nelson Pereira dos Santos
Endereço: Av. Visconde do Rio Branco, 880 - São Domingos
Telefone: 971 400 379


Tags:






Publicado em 20/01/2020

Junior Chicó leva seu StandUp Comedy à Sala Nelson Sexta-feira, 19 de abril
Sala Nelson recebe homenagem a "Rita & Raul" Sábado, 20 de abril
Débora Ondina faz tributo às damas negras do jazz e da bossa nova Quinta-feira, 25 de abril
Yuri Corbal lanla CD na Sala Nelson Sexta-feira, 26 de abril
O infantil Gato de Botas é atração no mês de abril Sábado e Domingo, 27 e 28 de abril
"Eu odeio Cássia Eller" é destaque na Sala Nelson Sábado e Domingo, 27 e 28 de abril
"O Homem Mais Inteligente da História" chega a Niterói Sexta-feira, 05 de julho
Memória: Adriana Calcanhotto inaugura Sala Nelson Pereira dos Santos ENCERRADA
Memória: Sala Nelson recebe Paulinho Moska e os Violões Fênix ENCERRADA