O lançamento do novo CD do cantor e compositor Marcos Sacramento, integralmente composto de músicas inéditas e autorais, solo ou com parceiros, chega ao palco da Sala Nelson Pereira dos Santos, nesta sexta-feira, 14 de fevereiro, às 20h.

Niteroiense criado no bairro do Fonseca, Sacramento divide o palco com sua banda formada por Luiz Flavio Alcofra ao violão e direção musical; Netinho Albuquerque na percussão; Glauber Seixas nas guitarras; e Leandro Vasques, no baixo e vocais.

Lançando seu 16º álbum, Sacramento é um cantor consagrado que, vez por outra, grava discos autorais e sempre acerta na mosca. Da sua discografia, "Drago", é o quarto só com composições próprias, junto com "Caracane", de 1998; "Fossa Nova", de 2007, e "Autorretrato", de 2014.

Em "Drago", Marcos revela uma visão aguçada para o mundo que o cerca, desde a ressaca da quarta-feira de cinzas de um carnaval onde o coração termina incinerado, em "Bolero de cinzas", parceria com Marcelo Caldi; até o olhar apaixonado que contempla a beleza misteriosa do corpo moreno de um bartender franco-marroquino deitado nas areias do Mediterrâneo, em "Drago", balada que dá nome ao CD, composta com seu mais antigo parceiro, Paulo Baiano. "Foi tudo quase”, fala Sacramento sobre a canção. "Procurei fazer um jogo de palavras com Presqu’île, que significa quase ilha. Drago e eu ficamos só na base da contemplação da beleza", conta o artista.

O trabalho também traz uma singela homenagem à mãe do artista, que acabou de completar 92 anos. O samba “Mãe”, composto em parceria com Luiz Flávio Alcofra, é uma ode comovente a dona Nilza: “Como ela ralou / lavando roupa / quanta roupa ela lavou / quando cozinhava o / refogado / como refogou / quanto ela cozeu / como ela rezou”. Quando faço discos autorais, falo das minhas experiências pessoais. Caminho muito pela cidade, observando tudo. Sou um andarilho contemplativo e confessional. É preciso ter alguma coragem para me expor assim.

Zé Paulo Becker, Nina Wirtti, Luis Barcelos, Rafael Mallmith, Glauber Seixas e Itamar Assiere são outros parceiros que assinam parcerias no CD. A presença explosiva e sedutora de Sacramento em cena, convida o público a uma viagem, ao mesmo tempo, reflexiva, divertida, perturbadora e contemplativa, sensações provocadas pela voz quente e poderosa desse que já é considerado um dos maiores intérpretes da Música Popular Brasileira contemporânea.


SERVIÇO

Marcos Sacramento em "Drago"
Data: 14 de fevereiro, sexta-feira
Horário: 20h
Ingressos: R$ 20,00 (inteira)

Local: Sala Nelson Pereira dos Santos
Endereço: Av. Visconde do Rio Branco, 880 - São Domingos
Telefone: 971 400 379


Tags:






Publicado em 22/01/2020

Junior Chicó leva seu StandUp Comedy à Sala Nelson Sexta-feira, 19 de abril
Sala Nelson recebe homenagem a "Rita & Raul" Sábado, 20 de abril
Débora Ondina faz tributo às damas negras do jazz e da bossa nova Quinta-feira, 25 de abril
Yuri Corbal lanla CD na Sala Nelson Sexta-feira, 26 de abril
O infantil Gato de Botas é atração no mês de abril Sábado e Domingo, 27 e 28 de abril
"Eu odeio Cássia Eller" é destaque na Sala Nelson Sábado e Domingo, 27 e 28 de abril
"O Homem Mais Inteligente da História" chega a Niterói Sexta-feira, 05 de julho
Memória: Adriana Calcanhotto inaugura Sala Nelson Pereira dos Santos ENCERRADA
Memória: Sala Nelson recebe Paulinho Moska e os Violões Fênix ENCERRADA