No clima da comemoração dos 441 anos da cidade de Niterói, o projeto "Palco Niterói Discos" promove um especial em dose dupla no Solar do Jambeiro, na quata-feira, 19 de novembro de 2014, a partir das 19h. A noite será de festa com as apresentações de Alex Malheiros com a banda Utopia e também do duo Marcos Nimrichter (sax) e Marcelo Martins (teclado).

Com entrada franca, a programação se inicia com o baixista Alex Malheiros, integrante do trio Azymuth, que vai mostrar o show "The Wave". Malheiros estará acompanhado da banda Utopia, formada por Tino Júnior (saxofone), Fernando Moraes (piano) e Flavio Santos (bateria) e contará com a sua filha, a cantora Sabrina Malheiros, como convidada especial. O repertório terá jazz, bossa nova e funk.

Em seguida, sobem ao palco Marcos Nimrichter e Marcelo Martins para fazer um show instrumental, com clássicos de vários ritmos nacionais e internacionais. A noite termina com todos os músicos em uma inesquecível Jam Session.


Fotos de Leo Zulluh



Alex Malheiros

Clique para ampliar
O internacionalmente aclamado contrabaixista, Alex Malheiros apresenta "The Wave", projeto solo que mistura o autêntico Samba Jazz, a Bossa Nova e o Funk. Integrante do legendário trio de jazz funk Azymuth, Malheiros é considerado um dos melhores baixistas brasileiros de todos os tempos.

Respeitado no Brasil como um dos originais mestres do groove, tendo desenvolvido um som único, com slaps no baixo Rickenbacker, Malheiros é compositor com equilíbrio perfeito entre harmonia e groove. Começou na música influenciado pelo mestre do swing brasileiro Ed Lincoln, nos salões cariocas de dança dos anos 60. Se apresentou e gravou com grandes nomes da música brasileira como Ivan Lins, Simone, Milton Nascimento, Nana Caymmi, Eumir Deodato, Emílio Santiago e João Donato. Do cenário internacional, tocou com Dave Grusin, Stevie Wonder, Joe Pass e George Duck.

Teve a honra de ter uma de suas performances incluída no disco "Basse Électrique – Lês Plus Grands Artistes", uma coleção lançada pela Warner Jazz, que elege os grandes baixistas elétricos de todos os tempos, ao lado de Jaco Pastorius, Stanley Clarke, Marcus Miller, Abraham Laboriel, entre outros.

Marcelo Martins

Clique para ampliar
Marcelo Martins possui uma carreira consolidada iniciada ainda na infância. Com apenas oito anos, o músico iniciou seus estudos na Orquestra Típica La Salle, onde tocou flauta doce, flauta transversa e saxofone alto. O artista também estudou saxofone e flauta com o Sax/flautista Renato Franco, estudou harmonia e improvisação com o professor Sérgio Benevenuto, e posteriormente, harmonia e arranjo com o Maestro e Trombonista Vittor Santos.

Ainda adolescente, começou a tocar com o baixista Arthur Maia, seu grande incentivador, e foi por ele apresentado ao cantor e compositor Djavan, com quem gravou gravou seis discos. Tocou, gravou e vêm trabalhando com diversas personalidades da música brasileira, tais como Caetano Veloso, Chico Buarque, Eumir Deodato, Gilberto Gil, João Bosco, Leila Pinheiro, Maria Bethânia, Marisa Monte, Marcos Valle, Roberto Carlos e Ivan Lins, com quem gravou os últimos CDs, "Cariocando","Saudade de casa", "Íntimo".

O músico ainda se apresentou, em 2010, no Lincoln Center, em Nova York, com a Orquestra "Ouro Negro" em uma homenagem ao maestro e compositor Moacir Santos. Marcelo acaba de lançar seu primeiro CD solo, "Do Outro Lado", lançado pelo selo Niterói Discos. O CD sintetiza idéias e experiências armazenadas durante basicamente 20 anos de aprendizado e vivência com a música, e marca sua primeira aparição como protagonista de um trabalho, onde não só atua como músico, mas também como compositor, arranjador e produtor.

Marcos Nimrichter

Clique para ampliar
Nimrichter é pianista, acordeonista, compositor, arranjador, produtor musical, apresentador de TV e professor. Iniciou os estudos de música aos 4 anos na Escola de Música Santa Cecília, em Niterói, onde cursou piano, teoria, solfejo, harmonia e canto coral e onde lecionou anos mais tarde. Estudou harmonia, arranjo e contraponto com professores graduados pela Berklee School of Music.

Começou na vida profissional aos 13 anos, tocando em regionais, conjuntos de baile, casas noturnas e bandas instrumentais. Em 1988 ingressou na Escola de Música da UFRJ, onde se graduou em piano e composição e estudou composição com Guerra-Peixe e Ronaldo Miranda e música incidental com Geraldo Vespar.

Participou dos últimos quatro discos do compositor e violonista Mario Adnet - Para Gershwin e Jobim (2000), Para Gershwin e Jobim (2001), Villa-Lobos, Coração Popular (2001) e Rio Carioca (2002). Apresentou e dirigiu, por três anos consecutivos (2009 – 2011), o programa Estúdio 66, do Canal Brasil, onde recebia convidados para improvisações musicais.

Lançou em outubro de 2002 seu primeiro álbum solo, "Marcos Nimrichter", pelo selo Niterói Discos, onde apresenta exclusivamente composições próprias e conta com a presença de grandes nomes da música brasileira, como Marcelo Martins, Carlos Bala, Carlos Malta, Zeca Assumpção, Quinteto Villa-Lobos, dentre muitos outros.

Tino Júnior

Clique para ampliar
Tino Júnior tem se destacado no cenário musical, com seu fraseado pessoal e um bonito e suave som de saxofone. Tino começou a estudar música com oito anos, primeiro piano clássico violão popular. Estudou saxofone com Idriss Boudrioua e harmonia funcional com Alexandre Carvalho, Vitor Santos e é bacharel em saxofone na URFJ.

Participou de shows e gravações com vários artistas do cenário instrumental como: Arthur Maia, Idriss Bodrioua, Pascoal Meirelles, Jota Moraes, Jamil Joanes, Alex Malheiros, Márcio Bahia, Meirelles e os Copa Cinco e outros. Integrou o quarteto do baixista Adriano Giffoni e o grupo Swingueira 4. Primeiro trabalho solo de Tino Júnior, "Jeito Latino", lançado em 2010 pelo selo Niterói Discos, é totalmente autoral e apresenta um repertório de dez composições.

Niterói Discos

O selo Niterói Discos foi criado em 1991 com o objetivo oferecer apoio institucional aos talentos da cidade. Por meio de uma comissão a Fundação de Arte de Niterói seleciona os artistas nascidos ou que vivam em Niterói há pelo menos 5 anos. A Prefeitura mantém o projeto Niterói Discos, que simboliza o avanço da política cultural do município, mapeando o que se produz na cidade.

Atualmente o selo está preparando o lançamento de CDs da Banda Santa Cecília, do sambista Zé Katimba e "Fina Estampa", do cantor compositor Marcio Proença, com lançamento marcado para o dia 25 de novembro de 2014, no Teatro municipal.


Serviço

Palco Niterói Discos
Alex Malheiro e Banda Utopia | Marcelo Martins e Marcos Nimrichter
Data: quarta-feira, 19 de novembro de 2014
Horário: 19h
Classificação indicativa: livre
Entrada Franca

Local: Solar do Jambeiro
Endereço: Rua Presidente Domiciano, 195, São Domingos, Niterói-RJ
Telefone: (21) 2109-2222








Publicado em 01/11/2014