O Sarau no Solar recebe neste domingo, 13 de março de 2016, às 17h, o grupo vocal Flor do Canto, dirigido pela cantora, preparadora vocal e arranjadora Cacala Carvalho. Prestes a completar 10 anos, o grupo conta com dez vozes femininas que cantam "a cappella", acompanhadas do percussionista Felipe Tauil. Para esse show no Solar do Jambeiro, no entanto, contarão também com o auxílio luxuoso do violonista Fernando Caneca Neto.


Breve Histórico

Formado em Niterói em julho de 2007, o Flor do Canto traz em seu repertório música brasileira da melhor qualidade e arranjos vocais originais, muitos deles inéditos e feitos especialmente para o grupo. Em seu processo de preparação vocal, Flor do Canto tem feito ensaios abertos ao público e shows, já tendo participado de inúmeros encontros de corais desde sua estreia em abril de 2008. Em 2015, o grupo se apresentou no Salão Nobre do Teatro Municipal de Niterói.

As apresentações públicas em Niterói, Rio de Janeiro, Saquarema, São Gonçalo, Angra dos Reis, Arraial do Cabo, Conservatória, Nova Iguaçu e Belo Horizonte entre outras, acrescentam o ingrediente fundamental que justifica e dialoga com a proposta musical do trabalho, tornando-a viva e cada vez mais expressiva: a presença do público amante de música vocal.


Cacala Carvalho

Clique para ampliar
Além de estar à frente do grupo Flor do Canto nos últimos anos, a artista tem uma carreira sólida na música, tendo participado como backing vocal em discos de diversos artistas, como Carlinhos Félix, Dora Vergueiro, Macleen, Jussara Silveira, Maíra, Arthur Maia, Márvio Ciribelli, Ju Cassou, Marianna Leporace e Luciano Bruno.

Em 2001, a artista lançou seu primeiro CD solo independente, "Ela e ele e eu", com produção de Fernando Caneca. Nesse mesmo ano, Cacala passou a integrar o respeitado grupo de samba carioca Arranco de Varsóvia. Com o Arranco, gravou os CD "Na cadência do samba" (2005), "Pãozinho de Açúcar - Arranco canta Martinho da Vila" (2010) e "Na panela pra dançar" (2014). Cacala também faz parte do grupo vocal Folia de 3, ao lado das cantoras Marianna Leporace e Eliane Tassis, que teve sua estreia em 2005, com o álbum "Pessoa Rara", em homenagem aos 60 anos do compositor Ivan Lins, lançado pela Mills Records e Mosaico Digital.

Neta de niteroienses, Cacala é tijucana, mas desde 2004 adotou Niterói como sua cidade. Para ela, "é um privilégio poder levar o trabalho ao público num lugar histórico tão lindo e bem cuidado".


Clique para ampliar.



Componentes

Sopranos: Marcia Malta, Cristina Ayres, Marcia Bessa, Marilia March
Mezzo Sopranos: Isabel Rubio, Marcia Pantaleão, Viviane Campos
Contraltos Lidia Botteon, Valeria Menezes, Marcia Rocha


Repertório

Baião da Penha (Luiz Gonzaga) - arr. Cacala Carvalho
Alvorada (Cartola) - arr. Paulo Malaguti Pauleira
Deixa (Baden Powell e Vinicius de Moraes) - arr. Pauleira, adaptação Cacala
Ensaboa (Cartola e Monsueto) - arr. Cacala Carvalho
As rosas não falam (Cartola) - arr. Cacala Carvalho
Água também é mar (Tribalhistas) - arr. Cacala Carvalho
Que baque é esse (Lenine) - arr. André Protásio
A voz do morro (Zé Keti) - arr. Marcos Leite, adaptação Cacala Carvalho
Veja - Margarida (Vital Farias) - arr. Cacala Carvalho
Cérebro eletrônico (Gilberto Gil) - arr. Pauleira
Baratotal (Gilberto Gil) - arr. Cacala Carvalho
Davi Licença (Moraes Moreira) - arr. Cacala Carvalho
Feira de Mangaio (Sivuca e Glorinha Gadelha) - arr. Cacala Carvalho
Flor do canto (Cacala Carvalho) - arr. Cacala Carvalho
O que sobrou do céu (O Rappa) - arr. Cacala Carvalho





Publicado em 0000-00-00
Solar do Jambeiro apresenta 9° ciclo de leituras dramatizadas Quinta, 30 de junho
"Brinque Lendo" acontece no jardim do Solar do Jambeiro Sábado, 02 de Julho
Solar do Jambeiro recebe um "Piquenique Literário" Domingo, 03 de Julho