Na próxima quinta-feira, 22 de março de 2012, às 17h, no Solar do Jambeiro convida para a abertura da exposição Luís Antônio Pimentel - 100 anos em Foco. Com a curadoria de Paulo Roberto Cecchetti, a mostra é uma retrospectiva da vida e obra deste jornalista e poeta, que no dia 29 de março de 2012 completará 100 anos.

No dia 19 de abril, quinta-feira, teremos um "talk show" com Pimentel, às 16 horas. "100 anos em Foco" ficará aberta ao público, sempre com entrada franca, de 23 de março a 29 de abril do ano em curso.




O homenageado

Luís Antônio Pimentel Nasceu em Miracema, 29 de março de 1912 é um poeta, professor, jornalista e memorialista brasileiro. É membro da Academia Fluminense de Letras - AFL; Academia Niteroiense de Letras - ANL e presidente de honra no Grupo Monaco de Cultura.

Pimentel é um dos precursores do haicai no Brasil, responsável pela divulgação deste estilo de poesia ao lado de Olga Savary e Helena Kolody. Tem parte na cunhagem definitiva do termo “haicai” em língua portuguesa quando, estudante da faculdade de filosofia da Universidade do Brasil, encaminhou a Aurélio Buarque de Holanda, por intermédio do gramático Celso Cunha, o pedido de dicionarização, evitando que o termo se dispersasse em outras transliterações como hai-cai, hai-kai, haikai, haiku, hai-ku e hokku. Com seu livro Namida no Kito, obra escrita em português no japão e traduzida para o japonês no ano de 1940, Pimentel se tornou o primeiro autor brasileiro traduzido para o japonês que se tem notícia.


Pimentel no primeiro plano da imagem, no Japão, entre amigos e amigas, c. 1938.


"Morei no Japão durante cinco anos e meio. Cheguei em 02 de maio de 1937 e saí em fins de 1942. Aprendi costumes, dança, história, a arte japonesa... porque a gueixa tem uma educação especial... ela aprende na escola desde a infância até a velhice... está sempre aprendendo para ter condições de contar a história de qualquer região. Quando você tem contato com a gueixa você adquire um manancial incrível de cultura e de folclore japonês", contou Pimentel ao curador Cecchetti.

Sua vasta obra literária, conta com livros como: Contos do velho Nipon (1940), Tankas e haicais (1953), Cem haicais eróticos e um soneto de amor nipônico (2004). E se encontra reunida em três volumes publicados pela editora Niterói Livros, que contém o texto integral de Tankas e haicais, tal como coordenada pelo professor Nelson Eckhardt em 1953.


Imagens do "Focus - Portal Cultural de Alberto Araújo"



SERVIÇO

Exposição "Luís Antônio Pimentel - 100 anos em Foco"
Data: De 23 de março a 29 de abril
Abertura: quinta-feira, 22 de março
Horário: terça a sexta 13h às 18h, sábado e domingo 10h às 18h
Gratuito

Local: Solar do Jambeiro
Rua Presidente Domiciano, 195 - São Domingos





Publicado em 11/05/2002
Centenário de Leonel Brizola é comemorado com exposição no Solar do Jambeiro De 24/05 a 26/06