Tombamento estadual em 26/01/1983
Processo INEPAC- E-03/18.213/78

Praça da República - Centro

O Fórum é um dos edifícios que compõe a ambiência da Praça da República.

Em 1913, foi aberta a concorrência para a construção dos edifícios que comporiam o centro cívico no então "Campo Sujo". O arquiteto Heitor de Melo ofereceu o menor preço e, em 1914, assinou contrato com o governo estadual para a construção dos edifícios projetados pelo engenheiro francês Émile Dupuy-Tessain. Quando este voltou à sua pátria com a eclosão da Primeira Guerra Mundial, em 1914, recomendou seu assistente, o italiano, Pedro Campofiorito para dar continuidade às obras dos diversos palácios. O projeto sofreu várias interrupções, mas o Tribunal de Justiça abriu as portas em 7 de julho de 1919, ainda inacabado, e foi concluído em 1926.

Leia a biografia de Pedro Campofiorito

A edificação é compacta e possui linhas clássicas com dois pavimentos, cujas fenestrações se distribuem de forma simétrica. O térreo apresenta vãos em arco e, no segundo pavimento, as aberturas são encimadas por verga reta. O imóvel é encabeçado por platibanda ornada por frisos e estatuetas. O corpo central projeta-se sobre o plano da fachada e é composto por grandes portas ladeadas por colunas jônicas no segundo pavimento e dóricas no primeiro.











Publicado em 15/03/2013
Palacete São Domingos ou da Praia Grande
A Compra do Palacete Leia mais ...
Capela de Nossa Senhora da Conceição Leia mais ...
Paróquia de São Francisco Xavier Leia Mais ...