São relevantes os trabalhos de cantaria no Solar do Jambeiro. Podem ser observados, no solar, no embasamento do prédio, nas sacadas superiores e nos requadros de portas e janelas. Nas áreas externas, estão presentes no encabeçamento dos muros, na escadaria que conduz à reserva florestal, nos tanques e em algumas soleiras.



Essas cantarias apresentavam pontualmente peças faltantes, rachaduras, ataque de fungos e sujidades diversas. As que compõem a parte externa do muro haviam sido grafitadas por ações de vandalismo.

Intervenção:



As cantarias foram limpas com remoção química e água a baixa pressão; os trechos faltantes foram recompostos com aplicação de prótese em gnaisse e as rachaduras foram coladas e reforçadas com grampos metálicos. Nas áreas de cortes para ampliação dos portões, os encabeçamentos originais foram remanejados e o trabalho foi concluído com aplicação de camada protetora com base em cera e silicone.

Materiais utilizados

Limpeza inicial: Lavagem com água, detergente neutro (Detertec) e escova de nylon.

Próteses: Pó de pedra (gnaisse) misturado com cola Iberê (resina poliéster), pigmentados, quando necessário, com óxido de ferro.

Áreas grafitadas: Emplastros com Pintof e farinha de trigo.

Limpeza final: Jateamento com água a baixa pressão.







Publicado em 10/06/2013