Luis Fernando Valverde Salandía nasceu em Tegucigalpa, Honduras, no ano de 1963. Graduou-se em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal Fluminense - UFF, Niterói, 1986, tendo como orientador de projeto final o professor João Sampaio. Realizou pós-graduação em Economia Política da Urbanização, no Instituto Bennett, Rio de Janeiro, 1991, e concluiu mestrado em Urbanismo, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2001.

Iniciou sua carreira profissional integrando a equipe do Centro de Pesquisas Urbanas, sob a coordenação do professor Carlos Nelson Ferreira dos Santos, no Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM, Rio de Janeiro, nos anos de 1985 e 1986. Participou da equipe da empresa BRASRIO, elaborando projetos de edifícios institucionais em Manaus, Vila Velha, Teresina, Belém e São Paulo, e de conjuntos habitacionais em Rio Branco, Bauru, Marília, Lençóis Paulista, Itapira e outras cidades. Integrou, também, a equipe que elaborou o Diagnóstico Ambiental e o Plano Diretor de Niterói, sob a coordenação de João Sampaio e Sônia Mendes.

Participou do corpo de jurados do Instituto de Arquitetos do Brasil, de 1994 a 1997, e também da comissão julgadora no Concurso "Arquiteto do Amanhã", em 1995 e 1996. Exerceu os cargos de Diretor do Departamento de Urbanismo de Niterói, de 1993 a 1997, e de Subsecretário Regional das Praias Oceânicas de Niterói, 1998 a 2000, quando promoveu parcerias com a Secretaria de Ciência e Tecnologia, para elaboração do CD Rom Caderno Região Oceânica e Projeto Lagoa de Itaipu.

Em conjunto com a Secretaria de Meio Ambiente, elaborou o projeto de zoneamento do entorno da Lagoa de Itaipu. Coordenou, ainda, o cadastro das áreas públicas da Região Oceânica de Niterói. Teve participação nas publicações do manual Padrões Arquitetônicos e Urbanísticos para auto-construção, publicado pelo IBAM, Rio de Janeiro, 1987, e no artigo São Lourenço - Um Resgate na História Viva de Niterói, da revista Projeto, n° 160, São Paulo, 1992.

A partir de 1989, passou a integrar o Corpo de Jurados da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense. Chegou a se tornar Chefe de Gabinete da Comissão de Urbanismo e Meio Ambiente, na Câmara Municipal de Niterói, e membro do Núcleo de Urbanismo da Câmara Municipal. Realizou projetos residenciais para vilas e edificações unifamiliares em Niterói e integrou a Auad & Valverde Arquitetura e Urbanismo.

Conquistou o Primeiro Lugar no concurso "Trabalhos sobre Habitação de Interesse Social", promovido pelo Banco Nacional de Habitação - BNH, Rio de Janeiro, 1985, e Menção Honrosa na categoria Valorização, Conservação, Restauração do Acervo Arquitetônico, Histórico ou Paisagístico, da XXX Premiação Anual do IAB - Rio de Janeiro, com o trabalho São Lourenço, um Resgate na História Viva de Niterói.




Publicado em 10/07/2013
Museu Antônio Parreiras