Integrante por quase 20 anos do Conjunto de Música Antiga da UFF, a niteroiense Kristina Augustin, além de musicista especializada em Viola da Gamba, foi coordenadora dos cursos de Extensão em Música do Centro de Estudo e Iniciação Musical (CEIM/UFF).

Nascida em 7 de fevereiro de 1966, é bacharel em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ (1988), mestre em Artes/Música pela Unicamp (2000) e doutora em Música pela Universidade de Aveiro (Portugal) (2013), além de ser formada pela Schola Cantorum Basiliensis (Suíça 1989/1992), com especialização em Viola da Gamba sob a orientação do gambista Paolo Pandolfo, e diplomada em 1997 no Birmingham Conservatoire pela gambista Sarah Cunningham.

No Brasil, destacou-se no cenário musical nacional como solista, apresentando-se nas principais salas de concerto e festivais de música. Em 1995, atuou como "músico convidado" junto à Camerata Antíqua de Curitiba, sob a regência de Roberto de Regina, quando participou da gravação do CD Cancioneiro de Upsala.

Como camerista, foi integrante do Conjunto de Música Antiga da UFF durante quase 20 anos, desde 1984, participando de várias turnês pelo Brasil, sendo a que teve maior abrangência foi realizada pelo SESC no projeto Sonora Brasil (22 cidades brasileiras). Foram mais de 600 recitais, várias turnês pelo Brasil, diversas entrevistas e programas para rádios e televisões, além de trilhas sonoras e discos. Gravou 3 discos com o Música Antiga da UFF e um CD com a Camerata Antiqua de Curitiba.

Recebeu, em 2000, a Moção de Aplausos da Câmara Municipal de Niterói pelo trabalho de divulgação da Música Antiga. Juntamente com o gambista Mario Orlando, que conheceu no Conjunto, realizou um trabalho de divulgação da Viola da Gamba apresentando-se em duo em cidades como Porto Alegre, Araripe, Juazeiro, Belo Horizonte, Joinville, Niterói e Rio de Janeiro, entre outras.

Como funcionária musicista da Universidade Federal Fluminense, trabalha na Divisão de Música de Câmara da UFF, atuando tanto como concertista como na concepção e produção de projetos musicais. Idealizou e lecionou no primeiro curso da Divisão de Música aberto à comunidade: História da Música Ocidental (abril/maio/2002). Idealizou e coordenou durante 13 anos, o Centro de Estudo e Iniciação Musical (CEIM/UFF), setor responsável pelos cursos de extensão em música para comunidade Fluminense.

Com o flautista David Castelo e a Orquestra Sinfônica Nacional – UFF, solou nos concertos de Telemann para flauta-doce, viola da gamba e orquestra sob a regência de Lígia Amadio (2003). Em 2004, idealizou e produziu o Momento Real de Música, uma série de 13 concertos de Música Antiga, na cidade de Niterói/RJ, com o patrocínio do Banco Real.

Em 2007, fundou o conjunto Quadro Antiquo com o qual realizou três turnês pelo Norte-Nordeste brasileiro (2007, 2009, 2010), em Minas Gerais (Belo Horizonte, São João del Rey, Ouro Preto, Tiradentes, Barbacena, Diamantina - 2008) e concertos na Europa (Lisboa, Santarém, Aveiro, Porto e Praga - 2008), sob patrocínio do Música no Museu.

Sob a regência de Ricardo Rocha, solou no Concerto Bradenburgo nº 6 (2010) e na Paixão Segundo São João ambos de J. S. Bach, ambos na sala Cecília Meireles, RJ. Entre 2009 e 2011 realizou vários concertos solo com objetivo de divulgar a Viola da Gamba no Brasil apresentando-se em São Paulo, João Pessoa, Florianópolis, Fortaleza, Araripe, Niterói e Rio de Janeiro.

Como fruto de seu trabalho de divulgação da viola da gamba no Brasil, foi citada no dicionário Novo Aurélio, século XXI no verbete “viola da gamba” e “gambista” e sua biografia consta no Dicionário Biográfico de Música Erudita Brasileira de Olga G. Cacciatore. É autora do livro Um Olhar sobre a Música Antiga – 50 anos de História no Brasil (1999).






Publicado em 05/11/2013
Museu Antônio Parreiras