A banda niteroiense Nayah foi formada em 1998 por Kid Mumu (voz e violão), JPunk (voz), Renzo Goldoni (voz) e Alex Gaspar (guitarra e backing vocals). Surgiu como uma banda unicamente de Reggae, porém, no começo dos anos 2000, a Nayah buscou outras sonoridades e passou a incorporar o Rock e principalmente o RAP em suas músicas. Sua formação mais recente contava com Kid Mumu (vocal), Renzo Gold (vocal), Alex Gaspar (Guitarra), Neon Ventura (DJ), Cauê Machado (Bateria) e Thiago Ferreira (Baixo).

Lançaram os álbums "Ritmo da Vida" (2001), "Foge Pra Lua" (2006), "Nayah" (2008), e, em 2013, “Siga o Vento”, produzido pelo legendário baixista Arthur Maia, contando com dez faixas inéditas e uma sonoridade que rompeu com os trabalhos anteriores. O reggae ainda se mostrou como a matriz sonora, mas, desta vez, a banda não teve medo de subverter o gênero que marcou o início da sua carreira e abraçou com vontade novos timbres e texturas, como o hip-hop e o rock.

Além disso, durante os anos seguintes, o grupo produziu e lançou diversos singles nas principais plataformas digitais.






Publicado em 0000-00-00
Museu Antônio Parreiras