Escritor, Celso Possas Junior nasceu em Niterói, em 25 de junho de 1966. É formado em Economia e Pós-Graduado em Marketing.

Mesmo com uma vida inteira ocupando cargos de chefia em multinacionais, Celso sempre foi apaixonado por literatura. Desde sempre foi um leitor assíduo e escritor, quando o trabalho permitia. Foi assim que, aos cinquenta anos, enquanto residia em São Paulo, depois de deixar vários manuscritos inacabados, finalizou seu primeiro romance.

Largando sua promissora carreira na área empresarial, abriu a Editora Itapuca, com o projeto inicial de produzir cinco livros, de três autores. Um dos principais objetivos de sua criação foi exaltar a cidade de Niterói, homenageada de diversas maneiras: no próprio nome da editora, além da busca em publicar essencialmente autores niteroienses, cujas obras em sua maioria se passassem na cidade. Também buscou realizar seus lançamentos nas livrarias locais e concentrar nelas suas pequenas tiragens iniciais, focalizando o público da região.

Pela editora, lançou os livros “A Operação Baumann” (2016) e “O Revelador” (2017). Depois, decidiu escrever um livro explorando a temática das teorias de conspiração: assim surgiu o livro “A Farsa de Ártemis”, também de 2017, uma obra de ficção que mistura acontecimentos reais com fantasia e faz o leitor questionar a veracidade de fatos históricos.






Publicado em 0000-00-00
Museu Antônio Parreiras