O Museu de Arte Contemporânea recebe de 12 de maio a 1 de agosto de 2007, a exposição "Da Matéria Nasce a Forma", uma homenagem ao artista Paulo Roberto Leal, falecido no ano de 1991. Com curadoria de Guilherme Bueno, a exposição reúne 102 obras de autoria de Paulo, sendo assim a maior mostra de sua obra desde seu falecimento. Seus quadros ocupam o Salão Principal e o Mezanino do museu e farão um retrospecto da trajetória, de inspiração neoconcretista, do artista, que explorou de maneira singular a plasticidade do relevo, da construção e da pintura.

Paulo Roberto Leal (1946-1991). Nasceu no Rio de Janeiro, onde morreu. Era funcionário do Banco Central. Em 1967, iniciou seus trabalhos como programador visual produzindo catálogos de exposições de artes plásticas. Conheceu e foi influenciado pelo artista Osmar Dillon, ligado ao Neoconcretismo. Na década de 70, iniciou sua carreira como artista plástico criando trabalhos com diferentes tipos de papéis encontrados no local de sua ocupação. Foi premiado na 11a Bienal de São Paulo. Foi escolhido para representar o Brasil na Bienal de Veneza. Tornou-se curador do Museu do Banco Central. Na década de 80, intensa produção e participação em exposições. Nessa época mostrou seu interesse pelas cores. Em 2003, com o objetivo de preservar a sua memória e a sua obra, o crítico Roberto Pontual e os artistas Armando Mattos e Manfredo de Souzanetto criaram o Projeto Concreto PRL, que tem Gilberto Chateaubriand como conselheiro. Em 2000, exposição Projeto Concreto PRL no Centro Cultural Light, RJ com obras deixadas sobre os cuidados de Armando Mattos.

Apesar do seu falecimento, as suas obras continaum sendo expostas em diversos museus e galerias de arte. Entre as exposições póstumas, podem ser destacadas "1ª A Caminho de Niterói: Coleção João Sattamini", Paço Imperial, Rio de Janeiro 1992; "Múltiplos", Valu Oria Galeria de Arte, São Paulo 1998 e "Diálogo, Antagonismo e Replicação na Coleção Sattamini", MAC, Niterói-RJ 2002.

Serviço:

"Da Matéria Nasce a Forma", de Paulo Roberto Leal
Curadoria: Guilherme Vergara e Claudia Saldanha
Local: Salão e Mezanino
Abertura: 12 de maio de 2007
visitação: 12 de maio a 1 de agosto de 2007

Museu de Arte Contemporânea - MAC
Endereço: Mirante da Boa Viagem, s/n – Niterói RJ
Informações: 21 2620 2400 / 2620 2481

Tags:






Publicado em 08/08/2016

MAC apresenta 'Cinco convites a um levante', de Alex Frechette De 02 de março a 12 de maio de 2024
MAC como Obra de Arte ENCERRADA
Ocupações/Descobrimentos Antonio Manuel e Artur Barrio ENCERRADA
Arte Contemporânea Brasileira Coleções João Sattamini e MAC de Niterói ENCERRADA
Detalhes e iluminação que fazem a diferença no trabalho de Magno Mesquita Leia mais ...
No MAC Niterói, "Visões e (sub)versões - Cada olhar uma história" ENCERRADA
Estratégia: Jogos Concretos e Neoconcretos ENCERRADA
Exposição "A Caminho de Niterói", no Paço Imperial ENCERRADA
Exposição '!Mirabolante Miró!' no MAC Niterói ENCERRADA