MEMÓRIA - Depois de uma espera de dez anos, em brebe, o espeço gastronômico será aberto ao público

Após uma espera de dez anos, o Bistrô do Museu de Arte Contemporânea (MAC) de Niterói será, finalmente, aberto ao público. Localizado no subsolo do principal ponto turístico da cidade, o novo espaço gastronómico possui uma vista panorâmica da Baía de Guanabara e uma área para receber 200 pessoas. Os reparos iniciais serão concluídos dentro de dez dias e as chaves serão entregues ao administrador, o empresário Humberto Barreira, para que a decoração do local seja providenciada.

As melhorias na estrutura do Bistrô basearam-se, principalmente, na reforma de câmaras frigoríficas, refrigeração e rede elétrica. O investimento municipal para os reparos foi de R$ 250 mil. Após a liberação das chaves, o proprietário dará início à decoração do novo espaço.

"Em dez anos muitos detalhes construídos na obra inicial deterioraram-se. Estamos cumprindo apenas um compromisso de contrato. O terreno pertencia ao empresário Humberto Barreira, que o doou à Prefeitura para a construção do museu. Em contrapartida, ganhou o direito de administrar o espaço do Bistrô. Só estamos cumprindo, a pedido do governo municipal, um compromisso de dez anos", disse o arquiteto responsável pelos reparos estruturais do Bistrô, Roberto Fellows.

O espaço gastronômico contará com 464 metros quadrados no subsolo do museu, divididos entre cozinha, salão e área de serviço. O Bistrô, com capacidade para até 200 pessoas, conta com uma vista panorâmica da Baía de Guanabara, incluindo ainda a beleza da Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem, no bairro de Boa Viagem.

"Esse é o que podemos chamar de momento MAC. Reformamos a rampa de acesso ao museu, estamos trocando as portas de entrada e dentro de dez dias entregaremos as chaves do Bistrô para o proprietário. Cumprimos com compromissos firmados há anos entre o governo e a população. Viemos com a proposta de fazer acontecer e conseguimos", comentou a presidente da Fundação de Arte de Niterói, Marilda Ormy.

Obras - As melhorias na rampa do MAC, que tinham um prazo de conclusão de dois meses, terminaram na semana passada e serão inauguradas na quarta-feira. As obras custaram aos cofres públicos RS 146.189,59. Já em setembro deste ano, o museu deverá inaugurar um novo sistema de iluminação.

Portas deslizantes

O MAC passará por mais melhorias nas próximas semanas. A Fundação de Arte de Niterói homologou, na quarta-feira, a licitação para a instalação de um sistema automático de portas deslizantes com microprocessador e sensor de presença no valor de R$ 26.980. A empresa vencedora do processo foi a Manuportas Instalações e Manutenção de Portas Automáticas Ltda. As obras devem começar na próxima semana, e serem concluídas em 15 dias.

"As portas de vidro ganharão um sistema que não permitirá a fuga do ar condicionado. Com esse mecanismo, a refrigeração será menos exigida, haverá maior economia e as obras ficarão protegidas", explicou um dos arquitetos responsáveis pelas melhorias, Sandro Silveira.








Publicado em 12/08/2022

MAC Niterói aborda jornada pela busca ancestral dos Guarani De 08 de junho a 04 de agosto
'Luzes da Coreia - Festival de Lanternas de Jinju' chega ao MAC Niterói De 9 junho a 25 de agosto
MAC como Obra de Arte ENCERRADA
Ocupações/Descobrimentos Antonio Manuel e Artur Barrio ENCERRADA
Arte Contemporânea Brasileira Coleções João Sattamini e MAC de Niterói ENCERRADA
Detalhes e iluminação que fazem a diferença no trabalho de Magno Mesquita Leia mais ...
No MAC Niterói, "Visões e (sub)versões - Cada olhar uma história" ENCERRADA
Estratégia: Jogos Concretos e Neoconcretos ENCERRADA
Exposição "A Caminho de Niterói", no Paço Imperial ENCERRADA