A lembrança das experiências vividas ao longo de sua vida é uma constante no trabalho do Ronaldo Miranda, que poderá se visto no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, de 22 de outubro a 12 de novembro de 2009. "Tempo e Permanência" fala da maneira como o artista sente e transfere para a tela este sentimento pelas cidades pelas quais passou, pelos objetos que o acompanharam a vida toda, pelo litoral brasileiro.

Ronaldo Miranda
O mar, às vezes, apenas uma pequena nesga, observada entre um recorte do telhado, em outros momentos ocupando a tela por inteiro, mas sempre aquele mar calmo, desprovido de qualquer turbulência, que nos sugere aconchego e intimidade. A sua cidade é azul e ensolarada, assim como todas as paisagens que o artista cria dentro do seu ateliê, sem nenhum contato com a paisagem real que, no momento da criação, não tem nenhuma importância e pode adquirir tonalidades e cores surpreendentes, pois a cor é um dos pontos fortes dessa pintura limpa, silenciosa e um tanto gráfica e que, através dessa ausência dos conflitos da Urbe, nos sugere a necessidade urgente de nos reconciliarmos com o que há de melhor na natureza humana.

A comunicação entre obra e espectador é imediata, não pela imposição dos grandes formatos, nem pela estética agressiva, ao contrário, é através de uma simplicidade poética e suavidade nas formas que o artista desperta a vontade, no outro, de levar para si este silêncio e esta limpeza, onde a beleza não agride o interlocutor.

Suavidade e leveza. Claridade e clareza. Tranquilidade e quietude. Simplicidade e síntese. Podem parecer redundâncias mas todas essas sensações nos passam diante da pintura atual de Ronaldo Miranda. Com um grande poder de síntese, atento a todas as sutilezas do conhecimento que possui da forma, Ronaldo Miranda propõe uma pintura limpa e pura, captando de maneira sutil a vibração que a natureza lhe transmite em sua constante e indefinível mutação.



Ronaldo Miranda participa do Arte de Portas Abertas, em Santa Teresa, desde a 2ª Edição até a 19ª e trabalha diariamente em seu ateliê e o mantém aberto ao público durante todo o ano, com hora marcada.

Tempo e Permanência, de Ronaldo Miranda
Abertura: 22 de outubro de 2009, às 19h
Visitação: de 22 de outubro a 12 de novembro
Local: Centro Cultural Paschoal Carlos Magno
Rua Lopes Trovão, s/n°, Icaraí
Tel.: 2610 – 5748



Tags:






Publicado em 28/10/2009

Mostra "Inventário das Desutilidades" entra em cartaz no CCPCM De 06 de abril a 05 de maio
Apresentação da Chamada Pública do CCPCM ENCERRADA
Mostra movimenta o Paschoal De 18 e 23 de agosto de 1998
Niterói de Ontem e de Hoje em mostra fotográfica no CCPCM Leia mais ...
Telas de Milton Eulálio, em exposição no CCPCM Leia mais ...
CCPCM abre exposição coletiva 'Gravadores e Escultores' Leia mais ...
Thereza Brunet expõe geometria e esoterismo no CCPCM Leia mais ...
No Paschoal, as flores que inspiram Tay Bunheirão Leia mais ...
Encontro com Tay no Paschoal desmistifica criação Leia mais ...