Shows, atrações infantis e painel em homenagem a Cláudio Valério estão na programação

Niterói vai sediar o ciclo cultural “Modernismo(s): A Semana de 22 e o Depois”, a partir do dia 25 de março. Com curadoria de Elisa Ventura e Nélida Capela, e construída em diálogo com os perfis e vocações dos equipamentos culturais da Secretaria Municipal das Culturas (SMC) e da Fundação de Arte de Niterói (FAN), o evento debate com o público e com as gerações futuras os impactos e desdobramentos da Semana de 22. E, para além do mês de março, a programação reaparece em sucessivas atividades ao longo do ano. Vale lembrar que todas as ações terão entrada gratuita. No Centro Cultural Paschoal Carlos Magno a programação inclui homenagem ao artista e restaurador de Niterói Cláudio Valério Teixeira, além de shows com artistas locais e apresentações voltadas para o público infantil.

Ao relembrar o movimento, que marcou o desenvolvimento cultural do país, “Modernismo(s): A Semana de 22 e o Depois” aponta para o futuro ao celebrar a busca de uma identidade cultural brasileira e o desejo de rompimento com as influências estrangeiras. É necessário pensar os “modernismos”, devido às mudanças, repercussões, releituras, interpretações e novos movimentos.

“Através do marco da Semana de Arte Moderna de 1922 estamos lançando uma programação sintonizada dos nossos equipamentos culturais, discutindo o século dos múltiplos modernismos no Brasil. A ideia é que a gente possa oferecer uma programação diversificada e descentralizada para toda a cidade, discutindo esse movimento que foi culturalmente muito impactante na realidade nacional. Convidamos as pessoas a participarem do evento, que tem ampla programação com a curadoria de Elisa Ventura. Reforçamos sempre que, ao fazer a discussão do marco histórico do século de modernismos, reafirmamos Niterói entre as cidades do Brasil que possuem um lastro cultural para oferecer uma contribuição a este debate, reforçando o que o nosso prefeito Axel Grael tem colocado como meta para a secretaria: reafirmar a cultura como um direito”, comenta o Secretário das Culturas de Niterói, Leonardo Giordano.

2022 surge como um ano mágico, de reinvenções e retomadas, a partir de um conjunto de efemérides e marcos históricos que se condensam nestes tempos turbulentos que vivemos. Trata-se, como formulou o antropólogo mexicano Nestor García Canclini, de construir “estratégias para entrar e sair da modernidade”.

“A relevância da Semana de 22 foi enorme, deixando marcas eternas em todos os setores da nossa cultura. Nela estiveram artistas como Villa Lobos, Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti e Victor Brecheret. A Fundação de Arte de Niterói tem o prazer de anunciar este ciclo cultural que revê estas influências olhando para o futuro, já que comemoramos os cem anos deste tão prestigioso movimento. Niterói, sempre na vanguarda da cultura, convida a sociedade a prestigiar os eventos”, ressalta o Presidente da FAN, Marcos Sabino.

“A partir da ideia do ‘Modernismo(s): a Semana de 22 e o depois’, pensamos em uma programação que desse ao público em geral uma visão panorâmica do que foi a Semana de 22 em obras artísticas e seu contexto histórico e social. Com programação vasta e rica, será possível transmitir o movimento modernista e suas obras para as futuras gerações e promover novas reflexões”, explicou uma das curadoras, Elisa Ventura.


Centro Cultural Paschoal Carlos Magno

Rua Lopes Trovão, s/n - Campo de São Bento – Icaraí

Data: 24/03, quinta-feira
Horário: 18h

Exposição: Restauro Modernista - Homenagem a Cláudio Valério Teixeira

O Centro Cultural Paschoal Carlos Magno abre o ciclo com uma homenagem ao artista plástico e restaurador Cláudio Valério - “Recuperando o Modernismo”. Ativação dos painéis com fotos do trabalho de restauração da obra Guerra e Paz, de Cândido Portinari, realizado por Valério e equipe, na sede da ONU em Nova York. Os painéis ficam expostos até 24/05, na parte externa.

O artista plástico participou e ganhou prêmios de importantes exposições coletivas, como no Salão Nacional de Arte Moderna, no MAM/RJ. Ex-Secretário Municipal das Culturas e ex-presidente da Fundação de Artes de Niterói, Cláudio Valério assina importantes obras na cidade, como o painel de grandes proporções para o Memorial Roberto Silveira, a pedido do arquiteto Oscar Niemeyer, e as restaurações de prédios históricos tombados pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em Niterói, como o premiado projeto de restauração do Theatro Municipal de Niterói, do Solar do Jambeiro, da Igreja de São Lourenço dos Índios, que é um importante marco de fundação da cidade, no século XVII,Palácio Arariboia e Capela de São Pedro do Maruí.

Na ocasião, show de abertura com Bia Miranda, que participou do “The Voice Kids Brasil 2021”. Bia Miranda tem catorze anos e é natural de Niterói. Cantora, atriz, dubladora e participante de campanhas publicitárias, começou a cantar aos sete anos. Membro do Coral "Lírios de São José" da Igreja de São José (Cafubá), foi solista na ópera "O Milagre das rosas". Cursa teatro musical, inglês para o canto e aulas de canto com a soprano Lívia Dias. No programa global, chamou a atenção de Carlinhos Brown e Gaby Amarantos, e escolheu fazer parte do Time Gaby. Seu repertório vai desde MPB, Bossa Nova, Samba, Rock, Pop Nacional, Pop Internacional, Soul, R&B e até os clássicos musicais infantis. Recentemente fez parte da turnê de shows “Entre Amigos” (com outros seis ex-The Voice Kids 2021), com apresentações em Três Rios, Areal, Paraíba do Sul e Nova Friburgo, todos na região serrana do Estado do Rio.

Data: 25/03, sexta-feira
Horário: das 19h às 22h
Varanda / Terraço: Pintura Acústica

Atividade de ‘live painting’ com o artista visual Diego Moura, que mostrará seu processo criativo produzindo obras ao vivo, acompanhado da apresentação musical acústica com BIAB.

Adepto de uma técnica inovadora, Diego Moura começa a produzir os primeiros traços de seus desenhos, usando a ponta dos dedos em um aplicativo de celular e, posteriormente, transporta essas artes para as telas de algodão, pintadas com tinta acrílica e pincel.

BIAB é artista da zona norte carioca que, através da música, encontrou um lugar de expressão da sua identidade. Traz consigo influências não só da música brasileira – de voz e violão – mas também aposta na combinação de estilos: R&B e Soul permeiam sempre suas canções. Em 2021, lançou seu EP de sete faixas autorais, incluindo “Mulher”, “Desculpa pra te ver”, “Carta ao Tempo”, “Granada” e mais três músicas inéditas, acumulando mais de um milhão de plays no Spotify. Em 2022, lança uma apresentação exclusiva para o canal do Colors, projeto conhecido mundialmente por sua curadoria impecável e ascensão de novos artistas pelo mundo, além de um EP focado no gênero afrobeat, que será lançado no primeiro semestre.

Data: 26/03, Sábado

Horário: 17h

Música: Banda Bloody Mary

Criada em 2012, em Niterói, a banda Bloody Mary é uma das principais do cenário rock’n’roll retrô brasileiro, transitando com muita naturalidade em todos os estilos musicais, sem perder a essência e a raiz. A banda tem o compromisso de trazer de volta todos aqueles sucessos que marcaram época. Todos os sons do mundo cabem na pegada deles, afirma Mariana Oliveira, a própria Bloody Mary, que com sua voz poderosa e vibrante, transborda emoção e alegria, colorindo o palco com seu sorriso e seu estilo. Então não se surpreenda, se escutar, na mesma noite, rock, blues, pop, seja em português ou inglês, tudo devidamente temperado com as misturas secretas da banda.

Data: 27/03, Domingo
Horário: 9h
Varanda / Terraço: Varalzinho da Tarsila - Modernismo para crianças

Horário: 11h
Varanda: Varandinha do Paschoal
Atividade circense com temática modernista para crianças, em homenagem ao Dia do Circo.

Protocolos sanitários:

Em locais fechados, é necessário apresentar o comprovante de vacinação em dia, no formato impresso ou digital, acompanhado de um documento com foto. Todas as medidas de segurança sanitária são seguidas, como a obrigatoriedade do uso de máscaras.




Publicado em 24/03/2022
Duas novas exposições, no Paschoal Carlos Magno: "Distopia" e "É pau, é pedra" De 01 a 30 de junho