Inaugura no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, no dia 04 de abril de 2008 (sexta-feira), às 20 horas a exposição "Revérbero", do artista plástico Marcelo Berg. A abertura da mostra que traz uma instalação utilizando os vidros da galeria e uma série de desenhos inéditos é antecedida pelo Encontro com o Artista, que ocorre às 18 horas e disponibiliza para o público 50 lugares, para um bate-papo sobre a mostra, explicando como surgiu a idéia, a representação de seus trabalhos e seus conceitos sobre arte contemporânea. A entrada de ambos é gratuita.

A instalação "Revérbero" tem origem em dois pontos. Primeiro, a pesquisa do artista com o objeto janela através das possibilidades tridimensionais (objetos, esculturas, maquetes) e bidimensionais (fotografia, desenho, colagem) de se trabalhar a transparência e o reflexo junto com o tema da paisagem urbana. Segundo, a presença marcante do uso do vidro na arquitetura da Galeria Quirino Campofiorito.

Considerando que a maioria dos espaços de exposição possuem uma arquitetura do tipo cubo branco, que isola as obras expostas do seu entorno, a instalação "Revérbero" aproveita a transparência dos vidros da galeria para refletir o espaço exterior, o Campo de São Bento, no interior da exposição. A instalação é composta por duas janelas com vidros espelhados (em uma face reflexo, noutra transparência), dispostas de maneira que através de uma janela se veja o reflexo da cidade projetado na outra.



A série de desenhos que complementa o jogo da transparência e reflexo foi realizada, em sua maioria, com caneta esfereográfica sobre papel Fabriano, seguindo a mesma pesquisa de reflexo e transparência, porém no campo bidimensional, o que traz ao trabalho novas possibilidades expressivas e conceituais.

Sobre Marcelo Berg

Carioca, o artista plástico vive e trabalha na capital paulista, São Paulo. É formado em Artes Plásticas pelo Departamento de Artes Plásticas da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (CAP/ECA/USP), no ano de 2006. Em 2007, participou do "14º Salão de Arte Contemporânea de Campinas – MACC (prêmio aquisição); 13º Salão dos Jovens – Joinville, Santa Catarina (prêmio aquisição); ONIFORMA – Centro Cultural São Paulo e II Mostra do Programa de Exposições – Centro Cultural São Paulo".

Abertura, 04 de abril (sexta-feira)
Encontro com o artista: 18 horas
Abertura da exposição: 20 horas
Visitação: de 05 de abril a 30 de abril
Local: Galeria Quirino Campofiorito - Centro Cultural Paschoal Carlos Magno
Endereço: Rua Lopes Trovão, s/nº, Icaraí, Niterói
Gratuito

Tags:






Publicado em 04/04/2008

Mostra "Inventário das Desutilidades" entra em cartaz no CCPCM De 06 de abril a 05 de maio
Apresentação da Chamada Pública do CCPCM ENCERRADA
Mostra movimenta o Paschoal De 18 e 23 de agosto de 1998
Niterói de Ontem e de Hoje em mostra fotográfica no CCPCM Leia mais ...
Telas de Milton Eulálio, em exposição no CCPCM Leia mais ...
CCPCM abre exposição coletiva 'Gravadores e Escultores' Leia mais ...
Thereza Brunet expõe geometria e esoterismo no CCPCM Leia mais ...
No Paschoal, as flores que inspiram Tay Bunheirão Leia mais ...
Encontro com Tay no Paschoal desmistifica criação Leia mais ...