"O Fio Vermelho" é a nova exposição do Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, que inaugura no dia 05 de julho (sábado), às 15 horas. A mostra das artistas Isabela Frade e Marta Strauch é uma proposta de entrelaçamento real, uma sucessão de fios que se desenrola em torno do Campo de São Bento, se expande e atinge novos e outros recantos desse espaço. Dessa maneira, as fitas vermelhas são incorporadas e dão outro significado para o ambiente. A mostra tem entrada franca e pode ser visitada até o dia 27 de julho.

O trabalho se constitui em uma coluna giratória de 2,88 metros colocada no centro do salão inferior da galeria e revestida de 76 rolos de fitas vermelhas de 3,8 com de largura e cem metros de comprimento cada – todas alinhadas na mesma direção, permitindo que sejam puxadas e dispersas pelo Campo de São Bento. Escapam pelas frestas que vão encontrando também entre as portas, vãos percebidos nos vidros das janelas e nos cômodos contíguos.

A dispersão das fitas/fios vermelhos estabelece um percurso para capturar o gesto/olhar, meio de envolver o ambiente circundante para inscrever no espaço presente uma trajetória afetivamente clamada pelo carmim, cor símbolo, com forte presença em inúmeras manifestações culturais, que grita no verde por sua complementaridade.

Essa exposição se faz como rede e trama de sentidos, uma trama tecida pelas sucessivas investidas do público e dos artistas. O projeto busca envolver o público constituindo um lugar – espaço vivido, simbolizado, demarcado pelas sucessivas interferências daqueles que potencialmente reconhecem o caráter relacional de um trabalho artístico.

É uma proposta de entrelaçamento real – uma sucessão de fios que se desenrolam pelos arredores do Campo de São Bento e que, pouco a pouco, expande-se e atingi novos e outros recantos desse mesmo espaço, que assim "re-significado", é incorporado nos trajetos das fitas que vão se abrindo e se estendendo por sobre as coisas que habitam, como árvores, postes, grades, bancos, pedras, calçadas e canteiros.

"O Fio Vermelho" demarca o espaço como um convite a um outro olhar, a uma nova atitude com os elementos assinalados, marcas de amarração, envolvimento, atravessamento ou deslizamento entre outras ações de interferência.


Serviço

Abertura da Exposição "O Fio Vermelho" – CCPCM
Data: 05 de julho de 2008
Abertura da exposição: 15 horas
Visitação: de 05 a 27 de julho
Local: Galeria Quirino Campofiorito - Centro Cultural Paschoal Carlos Magno
Endereço: Rua Lopes Trovão, s/nº, Icaraí, Niterói
Tel.:2610-5748
Gratuito

Tags:






Publicado em 05/07/2008

Mostra "Inventário das Desutilidades" entra em cartaz no CCPCM De 06 de abril a 05 de maio
Apresentação da Chamada Pública do CCPCM ENCERRADA
Mostra movimenta o Paschoal De 18 e 23 de agosto de 1998
Niterói de Ontem e de Hoje em mostra fotográfica no CCPCM Leia mais ...
Telas de Milton Eulálio, em exposição no CCPCM Leia mais ...
CCPCM abre exposição coletiva 'Gravadores e Escultores' Leia mais ...
Thereza Brunet expõe geometria e esoterismo no CCPCM Leia mais ...
No Paschoal, as flores que inspiram Tay Bunheirão Leia mais ...
Encontro com Tay no Paschoal desmistifica criação Leia mais ...