(Memória, 01 de dezembro de 2001)

A natureza nos proporciona a beleza das plantas e flores, mas somente um profissional especializado é capaz de usá-las para criar um ambiente harmonioso.

Ipês roxo e amarelo, manacás, clúsias, jambeiros, talento e história. Essa é uma pequena descrição do projeto criado pelo renomado paisagista niteroiense Eduardo Lins, que a convite da arquiteta Janete Costa, voltou a apresentar seu maravilhoso trabalho na cidade; na reforma de um dos patrimônios históricos de Niterói: o Solar do Jambeiro, que foi devolvido à população na comemoração do aniversário da cidade.

"Fiz uma pesquisa histórica para não descaracterizar os jardins da época (final do século XIX), que tinham características europeias. O projeto foi feito em duas etapas e ainda não está pronto, temos muito trabalho pela frente. Os jardins foram revitalizados com base no traçado original", conta Eduardo que está no mercado há 14 anos e é formado em Engenharia Florestal, com especialidade em paisagismo.

A beleza e o ar puro do mato, jardins e plantas para alguns, são coisas que a natureza cria. Entretanto, é preciso cuidar ou até mesmo procurar por pessoas especializadas no assunto para ter um ambiente bonito e bem tratado. É neste caso que os profissionais que trabalham com paisagismo entram.

História

O paisagista Eduardo Lins
O Solar do Jambeiro é uma continuação do paisagismo histórico que Eduardo vem realizando ao longo de sua carreira. Nele, podemos ver os trabalhos de recuperação dos jardins do Palacete, desde o projeto, baseado em fontes iconográficas, até o plantio de espécimes da flora brasileira, além do orquidário.

Entre os paisagismos históricos realizados por Eduardo Lins estão a Casa da Flor, em São Pedro D'Aldeia; a Igreja São Lourenço dos Índios, em Niterói, que também faz parte do projeto de aniversário da cidade; e o Palácio dos Leões, sede do governo do Maranhão, hoje residência do governador do estado.

"Obviamente é importante ressaltar o aspecto ambiental do uso da vegetação nativa no paisagismo, além de manter a sua originalidade", declara o talentoso paisagista, tentando fazer com que todas as pessoas entendam que às vezes, não é possível encher um jardim de plantas (no caso do paisagismo histórico), pois dependendo do jardim, eles eram caracterizados conforme a história. "Um dos exemplos que podemos citar o projeto da Igreja São Lourenço dos Índios, que possui um enorme gramado sem muitas plantas, simples, devido aos ataques que sofria na época" conclui.


Fotos do site de Eduardo Lins



Criativo

Eduardo não vive só de história. Ele também é o preferido das celebridades nacionais do País, criando verdadeiras obras de arte quando o assunto é jardim. Ivo Pitanguy, Carla Marins, Regina Casé, Marcello Antony, Fernanda Abreu, Zé Ramalho, o jogador de futebol Bebeto e o artista plástico Antônio Veronesi são algumas das personalidades que se renderam ao trabalho do paisagista.

"Numa casa eclética, as pessoas podem criar através das plantas nativas, dando possibilidade que pássaros e outros animais procurem seu habitat. Um outro ponto que deve ser levado em consideração, pelo menos, na minha opinião é que as pessoas deveriam procurar prestigiar a vegetação do nosso Estado, que possui plantas maravilhosas, como pitanga, buganvile, maracujá, bromélias, entre outras" incentiva Eduardo.

Um outro evento que está no extenso currículo do paisagista é o Casa Cor, onde todos os anos se reúnem os melhores profissionais da área de decoração, entre arquitetos e decoradores. Eduardo garante sua vaga no evento há quatro anos consecutivos. Também ganha destaque, por ter sido o primeiro paisagista niteroiense a participar de um encontro que é tão importante para os profissionais dessa área.

Quem quiser conferir alguns dos trabalhos históricos realizados em Niterói por Eduardo Lins, pode visitar o Solar do Jambeiro, que fica na Rua Presidente Domiciano, 195. E a Igreja São Lourenço dos Indios fica na Praça General Rondon, s/ nº, São Lourenço. A entrada é gratuita.

Por Fabiana Maia para O Fluminense


Fotos do site de Eduardo Lins





Publicado em 07/05/2021
Solar do Jambeiro apresenta 9° ciclo de leituras dramatizadas Quinta, 30 de junho
"Brinque Lendo" acontece no jardim do Solar do Jambeiro Sábado, 02 de Julho
Solar do Jambeiro recebe um "Piquenique Literário" Domingo, 03 de Julho