Treze! Esse é o número de mulheres que integram o Zabatê, grupo formado por seis percussionistas, cinco cantoras, uma contra-baixista e uma guitarrista, que se apresenta na varanda do Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, no dia 09 de março (domingo), às 11 horas. O show intitulado Beijo de Flor, que conta somente com a presença feminina no palco, é um espetáculo harmonioso, fruto da união entre diversos instrumentos que resulta num agradável swing. A apresentação, que tem entrada franca, é uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher, festejado em 08 de março. O show é promovido pela Secretaria de Cultura de Niterói/Fundação de Arte de Niterói.

As meninas do Zabatê apresentam um pouco da visão e da inquietação que envolve o universo feminino. No repertório, composições de importantes nomes da música popular brasileira, além de algumas canções de autoria própria. O espetáculo apresenta uma releitura de canções de diferentes épocas, que contam a história da evolução da mulher na sociedade até os dias de hoje.

Com arranjos pessoais e instigantes, músicas como Cotidiano, de Chico Buarque, e Juventude Transviada, de Luiz Melodia, fazem com que o Zabatê mostre o lado opressivo e cruel da rotina da maioria das mulheres. A necessidade da transformação para o futuro é representada pela releitura de Palco, de Gilberto Gil. A apresentação que percorre e explora a essência da alma feminina, aborda também o amor com canções como Xodó, de Dominguinhos e Anastácia, e Beijo de Flor, de Chiara Santoro.



Durante o espetáculo, num momento mais espiritualizado, o grupo canta Shossholosa e Orubaba em dialeto africano, conduzindo o espetáculo para uma simbólica homenagem à África. Porém, o ritmo brasileiro continua sempre presente e em evidência por meio do samba, xote, baião, funk, samba-reggae e maracatu. O resultado é uma forte interação com a platéia, que provoca o espectador a vivenciar uma quantidade ilimitada de emoções.

O Zabatê foi criado e é dirigido pelo percussionista Carlos Poubel, que ao observar o grande fascínio que a percussão exerce no público feminino, uniu a originalidade da percussão ao canto. Formado por mulheres de idades e profissões completamente diferentes, o grupo apresenta um estilo próprio, ao tocar instrumentos como alfaias de maracatu, djembes africanos, timbaus baianos, surdos cariocas, congas cubanas, zabumbas nordestinas, pandeiros, agogôs e ganzás, proporcionando ao público um espetáculo único.

MÚSICA NO CAMPO - GRUPO ZABATÊ

Data: 09 de março de 2008
Horário: 11 horas
Local: Varanda do Centro Cultural Paschoal Carlos Magno
Endereço: Rua Lopes Trovão, s/nº, Icaraí (Campo de São Bento)
GRATUITO

Tags:






Publicado em 09/03/2008

Mostra "Inventário das Desutilidades" entra em cartaz no CCPCM De 06 de abril a 05 de maio
Apresentação da Chamada Pública do CCPCM ENCERRADA
Mostra movimenta o Paschoal De 18 e 23 de agosto de 1998
Niterói de Ontem e de Hoje em mostra fotográfica no CCPCM Leia mais ...
Telas de Milton Eulálio, em exposição no CCPCM Leia mais ...
CCPCM abre exposição coletiva 'Gravadores e Escultores' Leia mais ...
Thereza Brunet expõe geometria e esoterismo no CCPCM Leia mais ...
No Paschoal, as flores que inspiram Tay Bunheirão Leia mais ...
Encontro com Tay no Paschoal desmistifica criação Leia mais ...