Ícone da MPB a cantora faz show no Teatro Municipal de Niterói na próxima quinta-feira. Cantora, que já foi moradora de Itaipu, promete emocionar o público

A cantora Waleska sobe ao palco do Teatro Municipal de Niterói, na próxima quinta-feira, dia 18, às 20h. O show Waleska 50 anos de MPB é uma retrospectiva da carreira da cantora, que conta, ainda, com histórias da boemia da época, tiradas de seu livro Foi À Noite, lançado recentemente pela Editora Brasiliense.

Waleska, que adora a cidade e já foi moradora de Itaipu, promete emocionar o público com um repertório repleto de lindas canções: Eu sei que vou te amar (Tom Jobim e Vinícius de Moraes), A noite do meu bem (Dolores Duran), Naquela Mesa (Sérgio Bittencourt), Insensatez (Tom Jobim e Vinícius de Moraes), As rosas não falam (Cartola), Viagem (Paulo César Pinheiro/João Aquino), Ouça (Maysa) entre outras canções.

A artista, que teve fortes influências em sua carreira, conviveu com personalidades marcantes na década de 1960. Foi amiga do jornalista Sérgio Bittencourt, um dos maiores divulgadores do seu trabalho como cantora, do poeta Vinícius de Moraes e da cantora Maysa. Iniciou sua carreira profissional nos anos 60 em Belo Horizonte, na Rádio Inconfidência Mineira, ao lado da cantora Clara Nunes. Após se mudar para o Rio de Janeiro, a artista gravou o seu primeiro disco ao lado dos cantores Roberto Carlos e Elis Regina.

"Fui crooner em casas noturnas do Bêco das Garrafas (reduto da Bossa Nova) e casas noturnas de Copacabana, onde as estrelas eram as cantoras Elizeth Cardoso e Maysa, esta última, de quem sofri forte influência e me tornei amiga e comadre. Participei de mesas de bar com poetas e boêmios, como Vinícius de Moraes e Antônio Maria. Ouvi muitas histórias e vi nascer canções. Na ocasião, Vinícius me apelidou de ‘Rainha da Fossa’. Segundo o poeta: ‘Para os românticos incuráveis, Waleska tem a canção certa para a dor exata’", recorda a cantora.

Figura marcante na noite carioca, a "Rainha da Fossa" foi proprietária de três casas noturnas em Copacabana: a Pub Bar (Pontifícia Universidade dos Boêmios), Boate Fossa, (frequentadas por artistas e intelectuais) e FossaNova. Waleska tem outros projetos para o futuro.

"Tenho desejo de abrir um piano bar, como os que já tive no passado, para as pessoas que gostam de boa música. Além disso, tenho vontade, também, de fazer um curta-metragem sobre a minha carreira e sobre a música popular brasileira dos anos 60", revela a cantora, que segue um estilo doce e afinado de cantar.

Com mais de 20 discos gravados, Waleska adora interagir com o público. É considerada uma das mais fiéis intérpretes românticas da Música Popular Brasileira. Além de cantar MPB, reverencia outros gêneros como a Bossa Nova, música italiana, além de boleros em espanhol. Já fez inúmeros shows fora do País, se apresentando na Argentina, Estados Unidos, Itália, Portugal e Uruguai.

Serviço: O Teatro Municipal de Niterói fica Rua XV de Novembro, 35, Centro de Niterói. Às 20 horas. Preço: R$ 30 e R$ 15. Censura: livre. Mais informações através do telefone 2620-1624 ou através do site www.tmnit.com.br.

Érika Torres para O Fluminense

Repertório passa por MPB, Bossa Nova, clássicos italianos e boleros



Tags:






Publicado em 24/07/2013

Alice Braga e André Camargo cantam clássicos da MPB no Municipal Quarta-feira, 24 de julho
Beth Zalcman homenageia Helena Blavatsky no Municipal Sexta-feira e sábado, 26 e 27 de julho
Sala Carlos Couto apresenta mostra sobre 'La Belle Époque' De 10 de julho a 30 de agosto
Lenda 'Itapuca' no palco do Teatro Municipal João Caetano Leia mais ...
O Theatro Municipal, que já foi Santa Thereza, completa 140 anos Leia mais ...
Com fotos de Magno Mesquita, Niterói é tema de mostra na Carlos Couto Leia mais ...
Clube Dramático Assis Pacheco estreia no Theatro Municipal Leia mais ...
A Grande Reforma do Theatro Municipal, em 1966 Segunda-feira, 02 de maio de 1966
Theatro Municipal será reinaugurado em janeiro Leia mais ...