No fim de semana, 17 e 18 de agosto de 2013, o Teatro Municipal de Niterói recebe o espetáculo "O Rio de Vários Sambas", que conta uma pequena história do samba e das diferentes estradas que este ritmo tomou, cada forma com sua beleza. Com produção de Jaime Arôxa Produções e Camarim Escola de Dança, o espetáculo relembra o passado e apresenta um pouco do futuro do samba no Brasil e no mundo, traduzindo através de suas coreografias, figurinos e imagens, o espírito autêntico do samba carioca. No sábado, a apresentação será às 20h, no domingo, às 19h.

"Os dois dias mais importantes da sua vida é o dia em que você nasceu e o dia em que você aprendeu a dançar". Essa frase marca a trajetória de vida de um dos melhores dançarinos do Brasil, Jaime Arôxa. Suas coreografias se dão ao som de músicas marcantes da cultura popular brasileira, que são muito importantes na construção da musicalidade e do ritmo do povo e da cultura carioca e brasileira.

Na segunda parte do show, serão apresentados algumas cenas do novo show de Arôxa, "Um Pouco de Tudo e Muito de Mim", um espetáculo autobiográfico que possui coreografias modernas, que se encaixam em qualquer espetáculo de dança contemporânea, embora tenha sua essência na dança de salão. Uma mistura de música, emoção, teatro e muita sensualidade.

Jaime Arôxa, desde cedo, demonstrou sensibilidade artística e vocação para a dança. Mas foi na década de 80, quando se mudou de Recife para o Rio de Janeiro, que descobriu a dança de salão. Perguntado sobre como pretende contar a história do samba no espetáculo, Jaime é categórico.

"Pretendo contar a história do samba através de cenas e imagens que seguem uma certa cronologia e que mostram a inserção do samba nas diversas áreas de entretenimento: teatro, cinema, musicais, entre outros. Uma mistura das danças europeias e africanas", explica.

"Recentemente, apresentamos esse show em um evento em Florianópolis, chamado Baila Costão, e foi um sucesso. Aproximadamente 1.600 pessoas assistiram ao espetáculo e ficaram impressionadas com a mistura da dança contemporânea e da dança de salão. Um show de muita sensualidade, explosão e força física. Resumindo: um show recheado de modernidade", sintetiza.

Arôxa, que começou no mundo da dança através de sua mais antiga professora, Dona Maria Antonieta, se diz realizado. Já como profissional, criou sua própria metodologia de ensino da dança de salão, destacando a expressão dos sentimentos pelo movimento, respeito de si próprio e a busca de conhecimento maior sobre o outro.

Escola de Dança - Criada em 1985, a escola foi batizada com o nome de Escola de Dança Chiquinha Gonzaga. Após algumas mudanças no nome, hoje é conhecida como Escola de Dança e Centro Cultural Jaime Arôxa. Em 1986, já com 800 alunos, o dançarino gosta de dizer que a escola se tornou um pequeno paraíso no meio da selva de pedra carioca.

"Aqui, você respira dança e alegria, faz amizades e desenvolve seus sentidos. Nosso trabalho é oferecer um retorno seguro frente a sua vontade de aprender a dançar", resume Arôxa.

"Acho o publico de Niterói maravilhoso. Uma cidade que gosta muito da arte e da dança e a nossa perspectiva é que o público compareça e valorize o nosso trabalho", afirma.


Serviço

O Rio de Vários Sambas, dança
Data: 17 e 18 de agosto de 2013
Horário: Sábado às 20h e domingo às 19h
Duração: 60 minutos
Ingresso: R$ 40,00 - Comprar
Classificação: 16 anos

Teatro Municipal de Niterói
Rua XV de Novembro 35, Centro
Tel: (21) 2620-1624

Tags:






Publicado em 02/06/2013

Alice Braga e André Camargo cantam clássicos da MPB no Municipal Quarta-feira, 24 de julho
Beth Zalcman homenageia Helena Blavatsky no Municipal Sexta-feira e sábado, 26 e 27 de julho
Sala Carlos Couto apresenta mostra sobre 'La Belle Époque' De 10 de julho a 30 de agosto
Lenda 'Itapuca' no palco do Teatro Municipal João Caetano Leia mais ...
O Theatro Municipal, que já foi Santa Thereza, completa 140 anos Leia mais ...
Com fotos de Magno Mesquita, Niterói é tema de mostra na Carlos Couto Leia mais ...
Clube Dramático Assis Pacheco estreia no Theatro Municipal Leia mais ...
A Grande Reforma do Theatro Municipal, em 1966 Segunda-feira, 02 de maio de 1966
Theatro Municipal será reinaugurado em janeiro Leia mais ...