No Sábado, 14 de setembro de 2013, às 20h, o compositor e instrumentista Guinga volta ao palco do Teatro Municipal de Niterói para mostrar músicas do seu novo CD "Francis e Guinga" e antigas composições como "Senhorinha", "Saudade de amar", "Passaredo", "Parintintin" e "Minha".

Nascido no Rio de Janeiro em 1950, Guinga (Carlos Althier de Souza Lemos Escobar) iniciou seus estudos de violão aos 13 anos de idade, de forma autodidata, tendo influências de um vizinho, o violonista e guitarrista Hélio Delmiro. Mais tarde, estudou com o professor Jodacil Damasceno. Formou-se em Odontologia em 1975, profissão que exerce paralelamente à sua carreira musical.

Começou a compor aos 16 anos, classificando sua primeira composição no II Festival Internacional da Canção (FIC), em 1967. Gravou pela primeira vez como violonista acompanhando o compositor Cartola, na canção "As rosas não falam". Ainda no início de carreira, trabalhou com vários outros artistas, como Clara Nunes, Beth Carvalho, Alaíde Costa, Cartola, João Nogueira, entre outros. Suas primeiras músicas gravadas foram "Conversa com o coração" e "Maldição de Ravel", ambas em parceria com Paulo César Pinheiro, pelo grupo vocal MPB-4, em 1973.

Constam, também, da relação dos intérpretes de suas canções, artistas como Michel Legrand, Sérgio Mendes, Leila Pinheiro, Chico Buarque, Clara Nunes, Ivan Lins e Nó em Pingo D'água, entre outros. Elis Regina gravou em duo com Cauby Peixoto sua parceria com Paulo César Pinheiro "Bolero de Satã", no disco "Essa mulher", lançado pela WEA em 1979.

Clique para ampliar


Guinga estreou no palco em 1989, no show realizado no bar "Vou vivendo", em São Paulo, ao lado de Ithamara Koorax e Paulo César Pinheiro. Em 1991, gravou seu primeiro disco solo, o CD "Simples e absurdo". Em 1994, Turíbio Santos gravou cinco peças instrumentais de sua autoria no disco "Fantasias Brasileiras".

Sucesso de crítica, o reconhecimento popular veio, no entanto, em 1996 quando em parceria com a cantora Leila Pinheiro, lançou o CD "Catavento e girassol", contendo exclusivamente músicas de sua parceria com Aldir Blanc.

Colecionando discos gravados, festejadas parcerias e dezenas de turnês pelo Brasil e pelo mundo, em 2013, Guinga lançou, em parceria com Francis Hime, o CD "Francis e Guinga", contendo as inéditas parcerias de ambos "A ver navios" (c/ Olivia Hime) e "Doentia" (c/ Thiago Amud), além de "Cambono", de sua parceria com Thiago Amud. Também no repertório, suas composições "Senhorinha", "Saci", "Porto de Araujo" e "Noturna', todas com Paulo César Pinheiro, "Nem mais um pio" (c/ Sergio Natureza) e "Mar de Maracanã" (c/ Edu Kneip), e ainda "Anoiteceu" e "Saudade de amar", ambas de Francis Hime e Vinicius de Moraes, "Passaredo" e "A noiva da cidade", ambas de Francis Hime e Chico Buarque, "Parintintin" e "Desacalanto", ambas de Francis Hime e Olivia Hime, e "Minha" (Francis Hime e Ruy Guerra).

E é este CD que Guinga vai mostrar no concorrido palco do Teatro Municipal de Nioterói.


Serviço

Guinga, música
Data: Sábado, 14 de setembro de 2013
Horário: 20h
Duração: 80 minutos.
Ingresso: R$ 50,00 - Comprar
Classificação: 12 anos

Teatro Municipal de Niterói
Rua XV de Novembro 35, Centro
Tel: (21) 2620-1624

Tags:






Publicado em 02/09/2013

Alice Braga e André Camargo cantam clássicos da MPB no Municipal Quarta-feira, 24 de julho
Beth Zalcman homenageia Helena Blavatsky no Municipal Sexta-feira e sábado, 26 e 27 de julho
Sala Carlos Couto apresenta mostra sobre 'La Belle Époque' De 10 de julho a 30 de agosto
Lenda 'Itapuca' no palco do Teatro Municipal João Caetano Leia mais ...
O Theatro Municipal, que já foi Santa Thereza, completa 140 anos Leia mais ...
Com fotos de Magno Mesquita, Niterói é tema de mostra na Carlos Couto Leia mais ...
Clube Dramático Assis Pacheco estreia no Theatro Municipal Leia mais ...
A Grande Reforma do Theatro Municipal, em 1966 Segunda-feira, 02 de maio de 1966
Theatro Municipal será reinaugurado em janeiro Leia mais ...